10º Festival Internacional Sesc de Música reunirá orquestras de todo o Brasil

Orquestras do Pará e de Roraima e componentes do Mato Grosso do Sul, Maranhão, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe pegarão a estrada nas duas últimas semanas de janeiro para se juntar a centenas de outros estudantes de música de 22 estados do Brasil que farão de Pelotas, no Rio Grande do Sul, um polo da música de concerto. Este será o 10º Festival Internacional Sesc de Música, que acontece de 20 a 31 de janeiro. Espetáculos que mesclam o clássico à música popular, concerto para crianças, apresentações de grandes nomes das principais orquestras europeias e de grupos locais comunitários serão apresentados gratuitamente por toda a cidade de 340 mil habitantes, que fica no Sul do País.

Cerca de 400 estudantes de música foram selecionados, dentre mais de mil inscritos, para ter aulas com 53 professores – instrumentistas, maestros e cantores – vindos de 14 países da América Latina, Ásia, Europa e Oceania. À tarde e à noite, hospitais, teatros, praças e prédios históricos serão o palco para encontros inéditos entre músicos, apresentações de orquestras consolidadas e orquestras jovens, e espetáculos que mesclam o popular e o clássico, como o concerto da Orquestra do Teatro São Pedro e da dupla Kleiton & Kledir que marcará os 40 anos de carreira dos músicos pelotenses.

“É um Festival que já está consagrado no calendário. Promove cidadania, bem-estar e felicidade para as pessoas, além de trabalhar um objetivo técnico de contribuir para a formação musical, para o desenvolvimento de jovens talentos e para a economia local”, afirma o gerente de Cultura do Sesc/RS Sílvio Bento. 

Um levantamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Turismo e Inovação (SDETI) mostra como a música de concerto é capaz de beneficiar a economia da cidade. Elaborado em 2017, o estudo indica que o setor de alimentação apresentou um crescimento de 45% no movimento durante os doze dias do Festival, enquanto o setor hoteleiro registrou um aumento de 40% e o comércio uma elevação de 35% em relação aos demais períodos do ano. A SDETI acredita ainda que os números crescem a cada edição, acompanhando a consolidação do evento. Como as apresentações acontecem em diferentes bairros da cidade, a movimentação é pulverizada, com fluxo de pessoas não apenas na região Central.

O Festival Internacional Sesc de Música tem como objetivo incentivar o desenvolvimento da produção musical, fomentar o intercâmbio e o desfrute de bens culturais. Promovido há dez anos pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc, e tendo como diretor artístico o maestro Evandro Matté, o evento atua em dois eixos principais: Pedagógico e Sociocultural. No plano Pedagógico, o Festival oferece cursos, prática de música de câmara, prática de orquestra e prática de banda sinfônica para estudantes e profissionais da música. No Sociocultural, são realizados recitais de professores, de alunos, de música de câmara e ampla atividade de espetáculos gratuitos, abertos a toda comunidade. A realização é do Sistema Fecomércio-RS/Sesc, com o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas/RS e apoio cultural da Universidade Federal de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas, Faculdade Senac, Bibliotheca Pública Pelotense, Unisinos, OSPA e Expresso Embaixador, Ecosul, Café 35 e Biri Refrigerantes.

10º Festival Internacional Sesc de Música | 20 a 31 de janeiro

Data: 31/01/2020

Local: Pelotas, Rio Grande do Sul

Espetáculos gratuitos mediante retirada antecipada de ingressos

Informações no site www.sesc-rs.com.br/festival/

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo