AABB vence e lidera, ASM vence e se classifica e Povo Novo elimina Deportivo

A terça-feira teve cara de interno no ginásio do Guanabara. Mas o frio ficou apenas fora da quadra no Citadino de Futsal, pois dentro dela o clima esquentou. Os três bons jogos da noite consagraram a Escolinha AABB, do craque Álvaro, na sub 13, e as equipes do União da ASM e Atlético Poovo Novo na Série Prata. A primeira virou líder isolada e as demais venceram e garantiram vaga na segunda fase.
Vitória e golaço
No Sub 14, a rodada foi aberta com um clássico. Escolinha da AABB e Nacional jogaram pela liderança do campeonato. Ambas tinhas seis pontos e o vencedor garantiria a liderança isolada no campeonato. A AABB já marcou no primeiro lance. Pablo fez 1 x 0. O pequenino Luis Felipe ampliou. O Nacional então esperou as trocas da AABB e reagiu rápido, descontando com Maxi, de cabeça, e empatando com Lucas. A AABB, então recolocou seu quarteto mais forte em quadra e retomou o controle. Álvaro recolocou a equipe na frente e Gabriel fechou o primeiro tempo em 4 x 2. AABB. Na etapa final o Nacional tentou reagir, mas deu quadra para a AABB contra atacar e Álvaro voltou a marcar. O lance seguinte foi um lançamento do goleiro Gonzalo, que Álvaro, completou de bicicleta, fazendo o mais bonito gol da noite para a AABB. Gonzalo ainda pegou um pênalti, desperdiçado pelo Nacional. Gabriel ainda ampliou. Tomas descontou para o Nacional mas a vitória por 7 x foi da líder AABB.
Caiu um invicto
A Série Prata voltou a ter dois jogos na noite e no primeiro deles o classificado Terasaki tentava apenas manter a invencibilidade diante da União da ASM, que jogava uma decisão. Era vencer e vencer para não correr risco de ficar de fora da próxima fase. Determinada, a União da ASM abriu o placar com Zidane. Contento o adversário com boa marcação a ASM era efetiva e fez o segundo com Hyan, após fintar o goleiro. O Terasaki agiu com força, adiantando o time e após uma blitz conseguiu colocar uma bola na trave de Luciano, mas nada de fazer gols. Para piorar, Hyan fez o terceiro gol no contra ataque. Na etapa final a pressão do Terasaki aumentou, mas a União, já com o goleiro Wallison, era um misto de eficiência defensiva e sorte, pois quando o goleiro não defendia, a bola batia na trave e não entrada. A ASM sofreu pressão por cerca de 10min, mas na primeira chance que teve voltou a marcar com Wellington, com passe de Hyan. Antony descontou para o Terasaki, mas sem Fernando Lima, seu principal finalizador, expulso por revidar uma com Wallison, o Terasaki não teve forças para evitar a primeira derrota no campeonato. A União da ASM foi a nove pontos e se garantiu na segunda fase. A arbitragem da rodada veio de São Gabrieel, com os árbitros Everton Lopes, Leandro Ximenes e Alisson Alves.
Povo Novo na segunda fase
Na última partida da noite o Deportivo tinha que vencer para se manter vivo. Já o Atlético Povo Novo precisava de apenas mais um ponto para se classificar e o resultado também eliminaria o Deportivo, que poderia virar concorrente pela vaga na segunda fase.
O Povo Novo tratou de jogar no ataque e abriu o placar com Vitinho. O jovem ala do Povo Novo ampliou pouco depois. O Deportivo reagiu em dois erros do adversário. No primeiro houve indecisão da defesa e João Fernando descontou. Pouco depois a equipe fez falta na entrada da área. Novamente João Fernando marcou e empatou o jogo. Mas o Povo Novo tinha Vitinho e após uma troca de passes envolvente, ele marcou o 3 x 2. Daniel ainda ampliou e Santiago fechou o primeiro tempo com o placar de 5 x 2, Povo Novo.
Na etapa final o Deportivo até esboçou uma pressão, mas Airton marcou o sexto gol do Povo Novo. Vinicius até descontou para o Deportivo, mas o 6 x 3 era insuficiente e o Deportivo arriscou tudo com João Fernando como goleiro linha mas parou no goleiro Victor. No primeiro erro de passe, Nicolas ampliou para o Povo Novo. Leo e depois João Fernando descontaram para o Deportivo, mas Fabrício marcou e completou o placar da vitória do Atlético Povo Novo, que desta forma eliminou o Deportivo da disputa. Victor, foi eleito o craque da rodada.
O CFL 2019 é patrocinado por, Movilcor, CFC Santanense, Gato e Sapato e Zapatodos, CHS – Centro Hospitalar Santanense, Unimed Fronteira, Posto Larratea, Uniagro / Erva Mate Charme, Provedor A Plateia, Transportes Thomaz, Casa dos Troféus e apoiado por, Óptica Foco, ML 3 Football e Comdica-Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente.

FONTE: http://futebol.grupoarena.org

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo