Apesar do jogo equilibrado, Grêmio é superado pelo Cruzeiro

Uma partida equilibrada foi o que se viu na Arena na noite desta quarta-feira. Diante de pouco mais de 9 mil 217 torcedores - baixo público decorrente das fortes chuvas que atingiram a capital nesta semana, o Grêmio encarou o Cruzeiro, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas em uma infelicidade, saiu derrotado pelo placar de 1 a 0.

O Tricolor iniciou bem a primeira etapa, mantendo-se no ataque e seguro em sua marcação. Chegou a criar oportunidades e assinalou um gol, com Lucas Barrios, mas anulado por impedimento. Já os mineiros tentaram chegar em contra-ataques.

Para o segundo tempo, o Cruzeiro voltou melhor e, com maior posse de bola, ameaçou por diversas vezes. O técnico Renato promoveu as mudanças: com 8 minutos, tirou Jean Pyerre e Arroyo, para colocar Patrick e Everton. Cebolinha quase abriu o marcador aos 22', no que foi a melhor chance gremista na etapa complementar. Em um lance de contra-ataque, aos 24', a Raposa abriu o marcador com Rafael Sobis. A última alteração foi feita, quando saiu Arthur e entrou Beto da Silva.

Com o resultado, o Grêmio segue com seus 46 pontos e ocupa a quarta colocação na tabela.

Escalação: Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira, Jailson, Arthur, Jean Pyerre, Michael Arroyo, Fernandinho e Lucas Barrios.

Banco: Paulo Victor, Leonardo, Léo Moura, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo, Bruno Cortez, Kaio, Patrick, Dionathã, Beto da Silva, Everton e Jael.

A arbitragem do jogo foi comandada por Rodrigo Batista Raposo, auxiliado por José Reinaldo Nascimento Junior e Daniel Henrique da Silva Andrade.


O jogo:

Primeiro Tempo

A saída de jogo foi do Tricolor, que fez sua primeira tentativa com um lançamento buscando Lucas Barrios no meio, mas o centroavante foi flagrado em impedimento.

Nos minutos iniciais, o Grêmio trabalhou muito bem a bola, invertendo o jogo por diversas vezes, a fim de encontrar uma brecha na defesa mineira. Em um dos lances, Fernandinho recebeu passe na meia-lua da grande área, cortou um marcador, mas acabou barrado por Manoel, caindo no gramado. A falta não foi assinalada.

O Cruzeiro chegou aos 7 minutos, com Henrique, que recuperou a bola no campo de defesa gremista e arriscou de longe, mas mandou sem direção. Outra chance mineira veio dois minutos depois, com escanteio de Thiago Neves. Ele colocou a bola no primeiro poste, mas a defensiva tricolor fez o corte.

Os gremistas chegaram bem pela esquerda, aos 13', com Marcelo Oliveira, que tentando passar pela marcação, segundo a arbitragem, acabou cometendo falta. No lance seguinte, Arroyo lançou Fernandinho na direita. O atacante esperou a passagem de Edilson e serviu o lateral, que devolveu o passe. O camisa 21 mandou a gol, mas a bola subiu demais.

Com 16', mais uma vez no ataque, o Grêmio ameaçou com um cruzamento de Arroyo, mas o goleiro Rafael conseguiu chegar antes e fazer a defesa.

Já os visitantes tentaram pela esquerda, com Alisson, que carregou a bola, foi a linha de fundo e tentou a finalização, mas ela saiu antes e bateu na rede, pelo lado de fora.

O Tricolor respondeu com um cruzamento de Edilson, mas a bola passou por Barrios e Arroyo. Chegou até Marcelo Oliveira, que tentou colocar novamente na área, mas desta vez, ela bateu na mão de Fernandinho, que fazia o domínio entre marcadores.

Aos 25', Edilson fez um bom cruzamento da direita, na cabeça de Jean Pyerre, que mandou a gol. Rafael conseguiu fazer a defesa no centro da meta e recolocar a bola em jogo para os mineiros.

Foi aos 27' que o Tricolor chegou ao gol, mas anulado pela arbitragem por impedimento. Depois de receber cruzamento, Lucas Barrios chutou, mas a bola bateu na marcação e voltou para Jean Pyerre, que ajeitou e serviu o centroavante novamente. Ele mandou para o fundo das redes, mas a arbitragem já assinalava a infração.

Depois de cobrar a lateral buscando Barrios, o paraguaio desviou de cabeça e a zaga do Cruzeiro se atrapalhou. Hudson dividiu com o goleiro, que caiu no gramado. O Grêmio tentou se aproveitar do lance, mas o arqueiro conseguiu se recuperar.

Os mineiros chegaram aos 36', novamente pela esquerda, mas Marcelo Oliveira afastou o perigo de cabeça, dentro da área.

O Tricolor teve uma de suas melhores chances aos 40'. Jean Pyerre deu bom passe para Barrios, que chutou. Zaga cortou pra escanteio. Fernandinho mandou no primeiro poste, mas a defensiva conseguiu afastar o perigo novamente. Em novo lance, Marcelo Oliveira conseguiu um novo escanteio. Fernandinho colocou no primeiro poste, mas a defensiva cortou de novo, só que pela lateral.

Aos 44', o Grêmio teve uma falta a seu favor da intermediária de ataque. Edilson mandou uma bomba, mas a bola passou por sobre a meta mineira.

Jogo finalizou aos 46 minutos.


Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.

O Cruzeiro já tentou chegar antes do primeiro minuto pela esquerda, mas Kannemann estava atento e fez o desarme. Aos 2', Alisson buscou cruzamento na área, mas Geromel, salvou o perigo da área.

O Grêmio pressionou e, trocando passes, chegou ao ataque. Arroyo tentou finalização aos 6 minutos, mas carimbou a defensiva.

Já os mineiros chegaram de novo pela direita. Rafinha cruzou pra trás, buscando Hudson, que bateu em cima de Marcelo Oliveira.

Aos 8', uma falta na intermediária para o Tricolor. Arroyo mandou direto a gol, obrigando Rafael a fazer uma grande defesa; a bola procurava o ângulo direito da meta. No escanteio cobrado por Fernandinho, a zaga afastou e na sobra, depois de trabalhar a bola, os gremistas conseguiram um novo escanteio. Fernandinho cobrou, mas defesa afastou.

Substituição: Saiu Jean Pyerre, entrou Patrick; Saiu Arroyo, entrou Everton, aos 11'.

Os mineiros tiveram uma falta da esquerda. A bola foi cruzada na área, Hudson cabeceou, mandando pra fora. Logo em seguida, Rafael Sobis avançou pelo meio e acionou Alisson na esquerda. Ele arriscou de direita, mas Marcelo Grohe defendeu com segurança. De longe, Thiago Neves soltou a bomba em direção a meta gremista. A bola subiu demais.

Já o Grêmio chegou bem com uma tabela rápida entre Barrios e Fernandinho dentro da grande área. O centroavante deu passe para o atacante, que finalizou. A bola foi por cima, com 20'.

E o placar quase foi aberto aos 22', com Everton. Edilson desceu pela direita e cruzou para Cebolinha, que no segundo poste, conseguiu concluir. Rafael fez um milagre e mandou pra escanteio.

Aos 24', em jogada de contra-ataque, o Cruzeiro abriu o marcador com Rafael Sobis. Thiago Neves deu o passe para o atacante, que teve o domínio e deslocou Marcelo Grohe.

O Grêmio teve uma oportunidade em cobrança de falta. Edilson colocou na área, mas a defesa cortou. Aos 30', o Tricolor criava com Edilson pela esquerda, mas Manoel desarmou com falta não assinalada.

Pela esquerda, os gremistas sofreram mais uma falta. Edilson colocou na segunda trave, mas defesa mandou a escanteio.

O Cruzeiro chegou com Diogo, que finalizou, mas mandou mal, por sobre a meta.

Substituição: Saiu Arthur, entrou Beto da Silva, aos 36'.

Mais uma falta para os gremistas. Edilson novamente colocou na área, mas zaga cortou a escanteio. Marcelo Oliveira colocou no primeiro poste, mas não passou pela marcação.

Em resposta, os mineiros chegaram com cruzamento de Rafinha buscando Thiago Neves, mas Kannemann tirou de cabeça. Thiago mandou fechado, Grohe saiu de soco.

A última oportunidade gremista veio aos 45'. Edilson cobrou uma falta e a zaga desviou de cabeça para escanteio. Beto da Silva mandou no primeiro poste, houve toque de mão na área, mas arbitragem nada assinalou.

Jogo finalizou aos 48 minutos.

Público total: 9.217 torcedores.

Fotos: Lucas Uebel | Divulgação Grêmio FBPA

Fonte: www.gremio.net

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo