Elegante líder: No Beira-Rio, Clube do Povo derrota o Vasco por 2 a 0

Elegante triunfo! Partida disputada no Beira-Rio e que marcou a estreia oficial da nova camisa rosa do Clube do Povo, o duelo entre Inter e Vasco, válido pela 17ª rodada do Brasileirão, foi encerrado com vitória colorada, placar de 2 a 0. Edenilson e Thiago Galhardo, ainda na etapa inicial, marcaram os gols do Alvirrubro, que com a vitória chega aos 34 pontos na tabela e assume, provisoriamente, a liderança do Nacional.

No próximo domingo (25/10), os comandados de Coudet recebem o Flamengo, no Gigante, a partir das 18h15. Antes, a equipe volta a campo pela Libertadores, torneio pelo qual visita, na quinta-feira (22/10), a Universidad Católica. O duelo diante dos chilenos integra a sexta e última rodada da fase de grupos continental, e vale, ao Inter, classificação para as oitavas da América.


Primeiro tempo de gala

O Clube do Povo foi senhor do jogo nos primeiros 45 minutos de confronto. Dono de posse de bola que chegou a casa dos 80%, o time de Eduardo Coudet pressionou desde o apito inicial, tratando de encurralar o Vasco no campo de defesa. Quando tinha a bola, a equipe visitante sofria com intensa pressão colorada, que resultou em escapadas muito perigosas à meta de Fernando Miguel. Pela direita, o Inter criou, a partir da dobradinha de Marcos Guilherme e Rodinei, boas chances. Pela esquerda, com Patrick, chegou aos dois gols que marcaram a etapa.

Aos 24 minutos, o Pantera recebeu grande passe de Marcos Guilherme, disparou pela esquerda e cruzou rasteiro. Na segunda trave, Galhardo sequer precisou dominar para oferecer assistência açucarada a Edenilson, que finalizou com muita categoria, da entrada da área, direto no canto esquerdo. Depois, aos 38, Patrick buscou a meia-lua, onde serviu Abel Hernández. De peito o Uruguaio deixou com Galhardo, que foi derrubado por Castan. Pênalti, que Thiagol converteu com muita tranquilidade para garantir o triunfo parcial por 2 a 0.


Inteligência na etapa final

A desvantagem no placar obrigou o Vasco a adotar postura mais ofensiva após o intervalo. Decidido a descontar nos minutos de reabertura do confronto, o Cruz-Maltino adiantou Benítez e Talles Magno para as pontas. Marcos Jr., pela direita, e Carlinhos, na esquerda, também subiram, estabelecendo o 4-3-3 dos visitantes. Às novidades, o Inter respondeu oferecendo maior campo ao rival. Apesar da crescente posse de bola, porém, os cariocas não conseguiam chegar com perigo, enquanto o Clube do Povo assustava em contra-ataques. Aos 10, por exemplo, após grande escapada de Rodinei, Uendel cruzou e Galhardo não ampliou graças a milagre de Fernando Miguel.

Superada a barreira dos 20 minutos, o ímpeto carioca foi arrefecido. Ainda maior, ao mesmo tempo, foi o domínio colorado, que empurrou cada vez mais o jogo para a região central do campo, especialmente com as entradas de Dourado, D’Alessandro e Yuri Alberto, três primeiras trocas de Coudet. Edenilson e Yuri alberto ainda criaram novas chances para o Clube do Povo, mas o placar permaneceu inalterado. Fim de jogo, Inter 2 a 0, e a liderança, pelo menos pela noite, garantida.

Fonte: www.internacional.com.br

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo