Gisnei

Gisnei

Mais um jogo de emoções e uma partida decidida no último lance!
O Grêmio entrou em campo na Arena para enfrentar o Juventude na tarde deste domingo, 3, e fechou a primeira fase do Campeonato Gaúcho com um empate em 2 a 2 contra o Juventude.

A equipe gremista começou muito bem a primeira etapa, armando jogadas e alçando bolas na área do JEC, tanto que logo na sua segunda chegada ao ataque abriu o placar com um golaço de Douglas. Mantinha maior posse de bola e jogava com intensidade, mas acabou sofrendo um gol, o que ajudou na queda de rendimento nestes primeiros 45 minutos. A partir daí, a equipe de Caxias começou a gostar do jogo e pressionar os gremistas, o que dificultou para o Tricolor ampliar o placar.

No segundo tempo, as mesmas dificuldades. A equipe era muito pressionada pelo Juventude e, em um lance infantil, sofreu pênalti, o que colocou o Tricolor atrás no placar. A busca pela vitória fez com que o Grêmio pressionasse e voltasse a colocar a bola na área. Teve um gol anulado de Bobô, porque o centroavante se encontrava em impedimento. No último lance de jogo, a oportunidade do empate surgiu com uma falta. Luan, com categoria e muita qualidade, colocou a bola no ângulo, sem chance para o goleiro Douglas defender.

Com o resultado, o Grêmio conquista um ponto e segue líder, com 29 pontos.

Na próxima fase, pelas quartas de final do Gauchão, enfrenta o Brasil de Pelotas.

Escalação: Bruno Grassi, Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Bressan, Marcelo Oliveira. Maicon, Edinho, Giuliano, Douglas, Luan e Bobô.

Banco: Marcelo Grohe, Kaio, Jaílson, Iago, Lincoln, Fernandinho e Batista

A arbitragem do jogo foi comandada por Luis Teixeira Rocha, auxiliado por Max Augusto Guimarães Vioni e Fabrício Lima Baseggio.

Primeiro Tempo

O jogo começou com o Grêmio, que logo no início já chegou ao ataque. Pela direita, Wallace Oliveira alçou a bola na área, Giuliano sai em velocidade, mas não conseguiu alcançar.

Na sua chegada ao ataque o Grêmio aproveitou. A jogada iniciou com Maicon que fez um bonito lançamento para Wallace Oliveira na direita. O lateral foi ao fundo de campo e rolou para Bobô, já dentro da área. O centroavante ajeitou e chutou à gol, mas o goleiro do JEC fez boa defesa. Douglas, acompanhando a jogada se saiu bem! De perna esquerda estufou as redes e aproveitou a oportunidade! Golaço do Grêmio. 1 a 0 na Arena!

Aos 7 minutos, Luan ia invadindo a grande área, mas acabou derrubado pelo adversário, ganhando boa falta para o Tricolor. Na cobrança, o camisa 10 cruzou no segundo poste, mas o goleiro Douglas saiu de soco e afastou o perigo. Em lance seguinte, Giuliano conseguiu roubar a bola na direita, passou por dois marcadores e tentou o passe na área, mas a defesa cortou.

O Juventude tentou com Felipe Lima, que arriscou chute do meio de campo, mas Bruno Grassi conseguiu fazer a defesa tranquilamente.
Já minutos depois, mais uma oportunidade do Grêmio pela direita. Giuliano fez lançamento e Maicon apareceu quase dentro da pequena área, chutando cruzado. O goleiro Douglas conseguiu fazer a defesa com as pernas, evitando o segundo gol.

A equipe de Caxias chegou novamente aos 21 minutos, com chute de Robson. A bola passou à direita de Bruno Grassi e saiu para escanteio. No lance seguinte, Hugo fez uma boa jogada dentro da área gremista e cruzou. Bruno Grassi conseguiu espalmar, mas a sobra ficou com Bruno Ribeiro, que chutou, a bola bateu na trave e entrou.

Mais um perigo na área gremista. Após uma cobrança de escanteio, Neguete aproveitou a oportunidade e finalizou com uma bicicleta, mas foi mau e a bola saiu pela minha de fundo.

Nova chance! O Grêmio fez boa jogada com Edinho, que deu um bom passe para Bobô dentro da área. O centroavante acionou na direita Wallace Oliveira, mas o lateral estava bem marcado. Na sequência, pela direita novamente, Bobô se largou em velocidade, cruzou rasteiro para trás e Giuliano, de primeira, chutou, mas pegou embaixo da bola e o chute subiu demais!

Aos 35’, Bobô foi a linha de fundo e cruzou. A bola bateu no adversário, passou pela área e saiu pela linha de fundo. Douglas cobrou no segundo poste, Bressan subiu para cabecear, mas a bola foi por cima do gol.

O Grêmio perdeu a chance de marcar o segundo gol minutos depois. Bobô apareceu pelo meio e, sozinho com o goleiro, acabou alcançado por Klaus, perdendo o domínio da bola.

Depois de um contra-ataque rápido do Juventude, Bressan acabou cometendo falta na intermediária e foi punido com cartão amarelo, o que o deixa fora da próxima partida.

Aos 41’, Giuliano deu bom passe para Bobô, que entrou pela esquerda. Ele sofreu a marcação de Neguete, mas ganhou e chutou de perna esquerda. A bola passou raspando, tirando tinta da trave esquerda de Douglas.

A equipe de Caxias tentou chegar ao ataque com Hugo. Alan cruzou da esquerda, Hugo subiu alto na zaga, mas desviou e a bola passou sem perigo pelo gol de Bruno Grassi.

Jogo finalizou aos 46 minutos.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com as seguintes alteração: Saiu Marcelo Oliveira e entrou Iago - e a saída de bola foi do Juventude.

A primeira oportunidade do jogo foi do adversário. Felipe Lima recebeu na intermediária e a arriscou de longe; a bola passa por cima da meta de Grassi, com perigo.

O Grêmio teve oportunidade com Iago, que alçou a bola na área, procurando Bobô, mas o goleiro Douglas saiu para fazer a defesa. Na sequência, o JEC no ataque, conseguiu um pênalti, pois Wallace Oliveira acabou colocando a mão na bola, cometendo a infração. Hugo foi para a cobrança, chutou no canto direito de Grassi e virou o placar na Arena, aos 5 minutos.

Em jogada, Edinho acabou caindo no gramado com problemas no joelho; saiu para atendimento, mas retornou ao jogo.

Com 10 minutos de jogo, Douglas recebeu e arriscou de fora da área. O goleiro de Caxias espalmou, salvando a equipe de levar o segundo gol. Em lance seguinte, Bobô, de dentro da área caprichou e cruzou para Luan, mas a bola foi um pouco forte, passando pelo camisa 7.

Substituição no Tricolor: Saiu Douglas, entrou Lincoln, aos 13’.

Após Rafael Thyere roubar a bola no campo de ataque, acionou Luan, que recebeu na frente da grande área. O camisa 7 girou e bateu colocado. A bola saiu com perigo ao lado da trave direita de Douglas.

Teve mais chance do Grêmio! Iago avançou pela esquerda e, quase no bico da grande área, arriscou de longe. A bola foi desviada e subiu por cima da meta do JEC.

O Grêmio chegou novamente com uma grande jogada do Maicon que ameaçou lançou Luan na área. O atacante ajeitou e chutou colocado. Um baita chute que obrigou o goleiro Douglas a fazer uma bela defesa, tirando pra escanteio. Lincoln colocou na pequena área, a defesa desviou, Edinho conseguiu recolocar no jogo e Bressan pegou a sobra. O zagueiro chutou, mas a bola foi por cima do gol. Quase!

Em resposta, Hugo teve a oportunidade de chutar a gol! Colocou rasteiro e Bruno Grassi caiu para fazer a defesa.

Aos 26 minutos, Luan se livrou da marcação, avançando pela esquerda, mas acabou sofrendo falta. Lincoln cobrou, alçando na área, mas a defesa afastou.

O Grêmio teve uma nova falta na intermediária. Lincoln cruzou, mas a defesa afastou. Outra na sequência: Luan levantou na área, mas a bola explodiu na barreira.

Substituição no Tricolor: Saiu Edinho, entrou Fernandinho, aos 31’.

O Grêmio criou com Wallace Oliveira, que lançou na área para Bressan. O zagueiro fez o domínio, mas foi flagrado em impedimento. No lance seguinte, Luan saiu em velocidade pela direita, carregando a bola, passando por dois marcadores. O atacante acionou Bobô, mas ele foi desarmado pela defesa, que mandou a bola para escanteio.

Quase o empate! Aos 38 minutos, Fernandinho avançou pela esquerda em velocidade e chutou cruzado. Bobô, que acompanhava a jogada, desviou e balançou as redes do goleiro Douglas, mas o centroavante estava em impedimento. Gol anulado!

Em nova oportunidade, Lincoln cobrou o escanteio na cabeça do Rafael Thyere. O zagueiro cabeceou e o goleiro Douglas fez a defesa no susto. O Grêmio novamente quase empata!

E pressionou! Wallace Oliveira deu passe para Luan, que bateu colocado. O goleiro desviou e jogou para escanteio.

Depois de trabalhar bem a bola, Fernandinho, pela esquerda cruzou a bola rasante na área. Giuliano chegou e de primeira bateu forte - a bola passou, mais uma vez, tirando tinta da trave direita do JEC.

O Grêmio tentou passe com Maicon, quase dentro da área; A bola bateu na mão de Klaus. Falta! Luan cobrou, e cobrou muito bem! Sem nenhuma chance para Douglas defender! Golaaaaço no último lance do jogo. Na qualidade e extrema categoria, Luan bateu de perna direita e acertou no ângulo! Grêmio 2X2 Juventude!

Público pagante: 13.936
Público não pagante: 2.055
Público total: 15.991
Renda: 475.638,00

Foto: Lucas Uebel

 

O Internacional vai em busca da sétima vitória no Gauchão Ipiranga contra o Glória, em jogo válido pela última rodada da fase classificatória. A partida ocorre às 16h deste domingo, no estádio Altos da Glória, em Vacaria, e será transmitida ao vivo pela RBS TV e acompanhada em tempo real pelas redes oficiais do Clube.

Já classificado às quartas de final (que deve ocorrer no dia 10 de abril, no Beira-Rio) e com mando de campo garantido, o Colorado ocupa atualmente a terceira posição, com 23 pontos, mas poderá chegar à vice-liderança em caso de vitória sobre o Glória e tropeço do São José-POA diante do São Paulo-RG.

O time que irá a campo será conhecido somente momentos antes de a bola rolar, já que o treino realizado na manhã deste sábado, no CT do Parque Gigante, não deu
indícios de escalação. William, suspenso pelo STJD, é desfalque certo, assim como Rodrigo Dourado, que recupera-se de lesão.

Ingredientes:

Ovinhos de codorna cozidos

Farinha de trigo

Farinha de rosca

Ovo batido

Óleo para fritura

Modo de Preparo:

Cozinhe os ovinhos de codorna. Escorra a água e deixe esfriar. Descasque todos os ovinhos e reserve. Coloque o óleo em uma panela funda, suficiente para fritar. Em 3 pratos fundos coloque em cada um a farinha de trigo, a farinha de rosca e o ovo batido. Comece a cobrir os ovinhos com ovo, em seguida farinha de trigo, ovo novamente e em seguida farinha de rosca. Quando o óleo estiver quente, abaixe um pouco o fogo e frite apenas para dourar e deixar crocante o exterior, pois os ovos já estão cozidos. Faça isso com a quantidade de ovinhos que quiser.

Fonte: http://comsaborperfeito.com/

Sinopse e detalhes
Livre
Norm é um urso polar do Ártico que não tem a menor vocação para a vida selvagem. Além do mais, ele domina uma estranha habilidade: a capacidade de se comunicar com os seres humanos. Quando o ecossistema da região onde vive é ameaçado pela especulação imobiliária na figura de um ambicioso empresário, Norm decide embarcar para Nova York na companhia dos “invencíveis” lêmingues e tentar impedir que o plano siga adiante.
Fonte:http://www.adorocinema.c

Os pesquisadores da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro), Anelise Beneduzi, Bruno Lisboa e Luciano Kayser, publicaram um artigo no periódico Soil Biology and Biochemistry sobre a supressividade do solo (sua capacidade em evitar ou reduzir a incidência de uma doença) em diferentes sistemas de manejo. Resultado de parte do doutorado de Lisboa e do pós-doutorado de Kayser – este realizado na Universidade de Bielefeld, na Alemanha -, o artigo contou com a colaboração de pesquisadores da universidade alemã e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).
A ideia, segundo Kayser, foi mostrar como um mesmo solo, com diferentes preparos e plantios, se comporta frente a um patógeno, se o solo vai favorecer ou impedir o surgimento de uma doença. "E relacionamos esse processo, de supressividade, com a comunidade microbiana do solo", explica.
O pesquisador conta que, com este trabalho, ficou confirmado que a supressividade é um processo microbiológico, ou seja, depende da atividade dos microrganismos do solo, que vão controlar a doença. "Os manejos de solo que aumentaram a matéria orgânica do solo propiciaram condições para uma maior atividade microbiana e um maior controle da doença (no caso, a Podridão Comum do Trigo, causada pelo fungo de solo Fusarium graminearum). E mostramos também que, além da atividade microbiana de um modo geral, também alguns grupos bacterianos são responsáveis pela supressão: Chitinophagaceae, Acidobacteriaceae, Xanthomonadaceae e Burkholderiaceae foram algumas das famílias bacterianas que estiveram mais associadas à supressividade dos solos", esclarece.
Conforme Kayser, em termos práticos, o estudo mostra que um manejo conservacionista do solo leva a um ambiente mais resistente a doenças causadas por fungos de solo. Essas doenças causadas por fungos de solo são de difícil controle por outros métodos, mas podem ser evitadas por um manejo adequado do solo.


Texto: Darlene Silveira/Ascom Fepagro

Página 303 de 318
Topo