Rio Grande do Sul recebe pela primeira vez o Festival de Esculturas Itinerantes

O Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (Macrs) recebe, nesta quinta-feira (13), o Festival de Esculturas Itinerantes. Esta é a primeira vez que o evento ocorre no estado. A mostra, que contará com a participação de 31 artistas de diferentes locais do Brasil e do exterior, foi criado a partir do Festival de Esculturas do Rio de Janeiro que, em abril de 2019, chegará à sua quarta edição ocupando, simultaneamente, diferentes museus, centros culturais e praças da capital fluminense. A inauguração do festival ocorre às 19h, no sexto andar da Casa de Cultura Mario Quintana, e pode ser visitada até o dia 14 de outubro. A entrada é gratuita.

Com a curadoria e organização do produtor carioca de artes visuais, Paulo Branquinho, o evento apresenta esculturas de diferentes técnicas, materiais e estilos, na qual o visitante passeia pela diversidade. 

Participam artistas como os cariocas Gonçalo Ivo, Raul Mourão, Marcos Cardoso, Robson Macedo, Gianguido Bonfanti e Cris Cabus; o paulista Ângelo Augusto Milani; o mineiro Jorge dos Anjos; a chilena Lorena Olivares; o dinamarquês Jesper Neergaard; o italiano Renato Brunello e o uruguaio Boris Romero. Do Rio Grande do Sul integram a mostra Catiuscia Dotto, Ingrid Loal, Leonardo Loureiro, Lucas Stray e Roberto Chagas.

SERVIÇO

O quê: Festival de Esculturas Itinerantes
Local: Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul – 6º andar da CCMQ (Rua dos Andradas, nº 736 – Centro Histórico)
Data: 13 de setembro | Quinta-feira | às 19h
Visitação: de 14 de setembro até 14 de outubro, de terça-feira até sexta, das 9h às 18h30, e sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h30.

Texto: Roberta Amaral/CCMQ
Edição: André Malinoski/Secom

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo