Gisnei

Gisnei

A colheita da safra 2017/2018 no Rio Grande do Sul está em fase de conclusão. Conforme o levantamento divulgado pela Seção de Política Setorial do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) na quinta-feira (17), foram colhidos até o momento 1.034.486 hectares, ou 96,6% do total semeado de 1.070.362 ha de arroz no Estado. As informações são baseadas nos dados fornecidos pelo Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Dater) e Núcleos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Nates). Até o período, a produtividade média no RS é de 7.936 quilos por hectare.

A região da Planície Costeira Externa está com 129.800 ha (99,3%) de área colhida, produtividade de 6.819 kg/ha, seguida pelas regionais da Fronteira Oeste, com 313.155 ha (98,9%) de área colhida, produtividade de 8.520 kg/ha; Planície Costeira Interna, 139.076 ha (97,6%) de área colhida, produtividade 7.382 kg/ha; Zona Sul, 167.852 ha (95,6%) de área colhida, produtividade de 8.229 kg/ha; Depressão Central, 133.853 ha (93,6%) de área colhida, produtividade de 7.851 kg/ha; e Campanha, 150.750 ha (93,1%) de área colhida, produtividade de 7.943 kg/ha. 

Segundo o levantamento desta semana, a região produtora da Planície Costeira Externa atualmente é a mais adiantada, porém com a produtividade menor entre as seis coordenadorias do instituto. A Fronteira Oeste lidera em produtividade até o período.

Algumas cidades já concluíram a colheita desta safra, tais como: Capão do Leão, Charqueadas, Osório, Palmares do Sul, Pelotas, Rio Grande, Santo Antônio da Patrulha, São Borja e Torres.

Por: IRGA

Fonte: https://www.agrolink.com.br

 

Um unicórnio, um menino e o vento, juntos em uma só velocidade! 

Quando Charles Wallace Murry, agora com quinze anos, grita em desespero a invocação de uma antiga runa para afastar a escuridão, uma criatura radiante aparece. É Gaudior, unicórnio e viajante do tempo. Charles Wallace e Gaudior devem viajar até o passado através dos ventos do tempo e tentar encontrar um Pode-Ter-Sido, um momento do passado em que todos os eventos que se seguiram até o presente podem ser mudados, e o futuro da Terra – esse pequeno planeta em seu giro veloz – pode ser salvo.

Fantasia / Ficção científica / Jovem adulto / Literatura Estrangeira

Ano: 2018 / Páginas: 272
Idioma: português 
Editora: HarperCollins Brasil

 

Fonte: https://www.skoob.com.br

Ingredientes:

800g de bacalhau em postas demolhado

2 batatas grandes picadas

15 tomates cerejas partidos ao meio

4 colheres de sopa de azeitonas picadas

10 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de cebola desidratada

1 colher de sobremesa de alho desidratado

1 colher de chá de pimenta do reino

Modo de Preparo:

Em uma travessa que possa ir ao forno coloque 5 colheres de sopa de azeite, a pimenta do reino, o alho e a cebola. Misture tudo. Coloque por cima da mistura as postas de bacalhau. Em seguida disponha em volta das postas os pedaços de batata. Salpique por cima o tomate cereja e a azeitona. Regue tudo com o restante de azeite. Cubra com papel alumínio e leve ao forno por aproximadamente 1 hora à 200ºC. Faça o teste nas batatas para ver se já estão totalmente cozidas antes de tirar do forno.

Fonte: http://comsaborperfeito.com

autoconhecimento é uma ferramenta útil para quem busca viver de forma harmoniosa com suas emoções. Com ele, somos capazes de entender o que somos, compreender nossos valores e buscar sempre experiências que possam nos aproximar de nossa essência. Alguns filmes ajudam a captar este valioso momento por meio de seus personagens e enredos. A seguir você encontra uma lista de filmes para lhe ajudar a trazer à tona o melhor de si mesmo.

 

1. Livre (2014)

filme conta a história de Cheryl, uma mulher que decide percorrer uma trilha de 1100 milhas pela costa do oceano pacífico, após viver uma fase de sua vida repleta de eventos trágicos, como a morte de sua mãe. Ela perdeu a si mesma, e portanto, embarca numa jornada de três meses sozinha em meio a natureza, para que tenha um momento de reflexão, que envolve reencontrar sua identidade, seus valores e como ela se posicionará diante de tudo o que lhe aconteceu. Do mesmo diretor de "Clube de compras Dallas", vencedor do Oscar de 2014, o filme mostra que nos momentos mais difíceis, o autoconhecimento é capaz de nos levar em direção à superação de nossos obstáculos.

Livre - Foto: IMDb
Livre - Foto: IMDb

2. Na Natureza Selvagem (2007)

Christopher McCandless é um jovem que, após terminar a faculdade, tem a consciência de que está construindo os rumos de sua vida de acordo com as convenções da sociedade. E ao fazer isto, ele perde sua essência. Ele decide então largar tudo e apenas explorar o mundo, afastando-se do materialismo cotidiano. A obra oferece um olhar crítico não apenas a nossa sociedade que se torna cínica frente à subjetividade alheia, como mostra um homem de 22 anos em busca do autoconhecimento por não se adaptar ao meio em que vive. O filme foi dirigido por Sean Penn, ganhador de dois Oscars, e conta com uma belíssima trilha sonora criada por Eddie Vedder, vocalista da banda Pearl Jam.

Na Natureza  Selvagem - Foto: IMDb
Na Natureza Selvagem - Foto: IMDb

3. Encontros e desencontros (2003)

Dirigido por Sofia Coppola, e ganhador do Oscar de Melhor Direção em 2004, o filme nos apresenta a história de um ator de meia-idade, que está em uma fase de descontentamento com sua vida, já que seu casamento está em crise, e sua carreira está em decadência. Ele encontra-se com a jovem Charlotte durante uma viagem para Tokyo, e assim como ele, ela está em um momento difícil, pois não encontra sentido em sua vida, e constantemente sente-se solitária. Este encontro faz com que ambos reflitam juntos sobre suas dificuldades e expectativas diante da vida, mostrando que o autoconhecimento diz respeito a nós mesmos, mas sempre podemos ter a ajuda do próximo nessa jornada.

Encontros e Desencontros - Foto: IMDb
Encontros e Desencontros - Foto: IMDb

4. Pequena Miss Sunshine (2006)

No filme, uma família precisa atravessar o país dentro de uma Kombi velha para levar Olive, uma garota sonhadora, para uma competição de talentos na Califórnia. Todos embarcam em uma viagem de três dias, do Novo México à Califórnia, para levar a menina a tempo do concurso. Durante a viagem, eles precisam conviver com suas realidades, e através de momentos positivos e negativos, vão redescobrindo quem são como indivíduos e família. O convívio faz com que eles reflitam sobre seus valores, e busquem não apenas o autoconhecimento, como a auto valorização de si e dos demais.

 

Pequena Miss Sunshine - Foto: IMDb
Pequena Miss Sunshine - Foto: IMDb

5. Divertida mente (2015)

animação da Pixar é muito mais do que apenas uma obra destinada ao público infantil. Ela conta a história de Riley, uma menina que muda-se de sua cidade natal, Minnesota, para São Francisco. Ao ir para uma nova casa, escola e cidade, ela precisa lidar com suas emoções primárias, como a felicidade, tristeza, medo e raiva. O filme é fruto de um trabalho de pesquisas em psicologia que durou por muitos anos, e mostra que para superar nossos obstáculos, é necessário aceitarmos nossos sentimentos, memórias e subjetividade, e isto só ocorre quando praticamos o autoconhecimento, que nos permite acolher a nós mesmos a partir do entendimento de nossa identidade.

Divertida Mente - Foto: IMDb
Divertida Mente - Foto: IMDb

6. Lady Bird: A hora de voar (2017)

Dirigido pela aclamada Greta Gerwig, atriz e diretora indicada ao Oscar, Lady Bird conta a história de Christine, uma adolescente que estuda em um colégio católico, e tem fortes traços artísticos em sua personalidade. Ela está em uma fase de descobertas: O primeiro amor, a perda da virgindade, os sonhos para o futuro e a insatisfação diante de sua atual realidade. E com a chegada da maturidade e de novas experiências, surgem novos sentimentos, como a necessidade de pertencimento social. A personagem então, através de seu senso crítico, questiona sua existência e o meio em que vive, a fim de encontrar a si mesma.

Lady Bird - Foto: IMDb
Lady Bird - Foto: IMDb

7. Quando duas mulheres pecam (1966)

Este é um dos clássicos da lista. Dirigido por Ingmar Bergman, o longa conta a história de Alma, enfermeira encarregada de cuidar de uma atriz, que após um trauma, decide se manter em silêncio por tempo indeterminado. Ambas viajam para uma casa de praia, buscando pela melhora da intérprete. A obra, a partir deste ponto, instiga um processo de autoconhecimento no espectador, já que questiona as diferentes personas que criamos ao longo de nossas vidas para que possamos nos adaptar à sociedade. Durante esse processo, podemos perder a verdade sobre quem somos.

Quando duas mulheres pecam - Foto: IMDb
Quando duas mulheres pecam - Foto: IMDb

8. Como nossos pais (2017)

longa-metragem nacional dirigido por Laís Bodanzky, narra a história de Rosa, uma mulher que está passando por uma fase complicada em sua vida. Seu relacionamento com a mãe é conflituoso, seu casamento está em crise, e sua carreira não reflete seus sonhos de se tornar uma grande dramaturga. Ela encontra-se insatisfeita em uma vida monótona. A partir disto, Rosa precisa reencontrar quem é, questionar e confrontar sua realidade, para que suas ações representem seus verdadeiros objetivos.

Como nossos pais - Foto: IMDb
Como nossos pais - Foto: IMDb

9. Gênio Indomável (1997)

Vencedor de dois Oscars, o filme conta a história de Will Hunting, um jovem de 20 anos que faz parte da equipe de limpeza de uma universidade, e vive em constante conflitos com as autoridades locais. Ele tem uma personalidade complicada, porém tem um grande dom matemático, e esse talento é descoberto por um dos professores da instituição. Após ser preso, ele precisa ser assistido por um analista, que o ajuda a descobrir o que há de melhor em si.

 

Gênio Indomável - Foto: IMDb
Gênio Indomável - Foto: IMDb

10. Lion - Uma Jornada para Casa (2016)

Aos cinco anos de idade, Saroo perdeu-se do irmão em Calcutá, e acabou sendo adotado por uma família australiana. Ao tornar-se adulto, as marcas do que lhe aconteceu permaneceram com ele. Portanto, ele decide ir em busca de sua família biológica, a fim de conhecer sua origem, e entrar em contato com uma parte de si que foi deixada para trás durante sua infância. A obra retrata o autoconhecimento acoplado a questões familiares, revelando o quão importante a compreensão de nossas raízes pode ser. Para se encontrar, era necessário enfrentar as tragédias de seu passado, para aceitar o momento presente.

Lion - Foto: IMDb
Lion - Foto: IMDb

 

Fonte: http://www.minhavida.com.br

Escrito por Kalel Adolfo/Redação Minha Vida

 

 

O Facebook retirou do ar 2,5 milhões de publicações que foram identificadas como contendo discurso de ódio no primeiro semestre do ano. A informação foi divulgada no relatório de transparência da plataforma, publicado pela primeira vez na semana passada. O documento traz os resultados das ações de moderação de conteúdo praticadas pela empresa, como o monitoramento e a exclusão de mensagens publicadas.

A avaliação é feita com base em diretrizes estabelecidas pela companhia. Segundo elas, discurso de ódio é considerado “um ataque direto a pessoas com base no que chamamos de características protegidas: raça, etnia, nacionalidade, filiação religiosa, orientação sexual, sexo, gênero, identidade de gênero e doença ou deficiência grave”, além do status migratório. “Ataques” são “discursos violentos ou degradantes, declarações de inferioridade ou incentivo à exclusão e segregação”.

O Facebook também excluiu 3,5 milhões de conteúdos violentos. Estes são definidos nas diretrizes como uma mensagem “que exalte a violência ou celebre a humilhação ou o sofrimento de outras pessoas”. São permitidas publicações com imagens explícitas em alguns casos mas, segundo a empresa, “para ajudar as pessoas a gerar conscientização sobre algumas questões”.

O monitoramento de conteúdo do Facebook identificou e derrubou 21 milhões de conteúdos de nudez ou pornografia. A empresa estima que a cada 10 mil publicações, entre 7 e 9 traziam algum tipo de conteúdo que violava os padrões sobre nudez ou pornogafia.

A moderação também busca contas falsas. De acordo com o relatório, no primeiro semestre foram derrubados 583 milhões de perfis deste tipo. O número representa 26,5% do total de usuários que a plataforma tem (2,2 bilhões, segundo dados de abril). Contudo, não necessariamente as contas já existiam. De acordo com o documento, a maioria dos perfis considerados falsos é excluída minutos após a criação.

Automatização

Um dos pontos exaltados pelo Facebook em seu relatório é a atuação de seus sistemas para identificar os conteúdos violadores de suas regras para exclusão. No caso das publicações com nudez e pornografia, 96% foram marcadas pela tecnologia da plataforma. Nas mensagens com imagens de violência, o índice ficou em 86%. Já nos conteúdos com discurso de ódio, a proporção de mensagens sinalizadas pelo sistema da companhia cai bastante, ficando em 38%.

“Tecnologias como a inteligência artificial, que embora seja promissora, ainda está longe de ser efetiva para a maioria dos conteúdos de baixa qualidade, ja que uma análise do contexto também é muito importante. Por exemplo, a inteligência artificial não é boa o suficiente para determinar se alguém está proclamando ódio ou se está descrevendo uma situação ocorrida consigo mesma para gerar conscientização sobre o assunto”, disse Guy Rosen, vice-presidente de gerenciamento de produto, em texto publicado no site oficial da empresa.

Edição: Carolina Pimentel

Por Jonas Valente – Repórter da Agência Brasil  Brasília

 

O Grêmio entrou em campo na tarde deste domingo, no Durival Britto, em Curitiba, para enfrentar o Paraná, em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ficou no empate sem gols com o time da casa.

 

O Tricolor iniciou dominando as ações, mantendo maior posse de bola durante toda a primeira etapa, mas não conseguiu traduzir em gols. Devido a marcação fechada do time paranaense, os gremistas tiveram dificuldades de criar e se infiltrar na área.

Já a etapa complementar foi mais movimentada. André chegou a balançar as redes, mas o gol foi anulado por impedimento do centroavante. Aos 35’, o Grêmio criou com Ramiro, que cruzou a bola na área e Lima subiu entre os zagueiros, desviando de cabeça, obrigando o goleiro Thiago a fazer uma difícil defesa. Na reta final, de novo, Ramiro alçou na área, agora para Cícero, que pegou de primeira, mas mandou à direita da meta adversária. Nos acréscimos, Lima teve a chance, mas parou no arqueiro paranaense.

Com o resultado, o Grêmio soma um ponto na tabela.


Primeiro Tempo

A primeira tentativa do Tricolor surgiu aos 3 minutos, quando Jailson fez um bom lançamento para Ramiro, que entrava em velocidade na área, mas o goleiro Thiago Rodrigues abandonou a meta para fazer a defesa.

Já o Paraná ameaçou minutos depois, aos 6’, quando se lançou em contra-ataque. A bola chegou a Silvinho, que arrematou da intermediária, mas mandou por sobre o gol defendido por Marcelo Grohe.

Com 9’, o Grêmio chegou bem com uma troca de passes rápida, mas quando Ramiro recebia o último passe, foi derrubado com falta. Na cobrança, Luan mandou direto, mas a barreira desviou a escanteio. O camisa 7 colocou na segunda trave, mas ninguém chegou para finalizar.  Na oportunidade, o time paranaense se recuperou e partiu ao ataque. Carlos Henrique tentou acionar Silvinho, pela esquerda, mas Maicon fez a proteção e deixou a bola se perder pela linha de fundo.

Um bom lance gremista foi construído aos 12’, quando Bruno Cortez, da esquerda, deslocou o marcador e cruzou na pequena área para André, mas a bola foi um tanto forte e saiu pela linha de fundo, sem tempo do centroavante alcançar.

O Tricolor seguiu tentando. Desta vez, Maicon tentou acionar Maicosuel dentro da área com um lançamento, mas a defesa adversária cortou a escanteio. Em resposta, o Paraná chegou também com perigo. Mansur cruzou da esquerda para Silvinho na área, que mandou de primeira, mas carimbou a marcação de Bruno Cortez.

Aos 17’, o Grêmio teve uma nova falta a seu favor, na esquerda. Luan cobrou curto para Maicon,  que abriu na direita para Léo Moura. O lateral cruzou novamente para Luan, que tentou o domínio, mas não conseguiu.

Depois de uma cobrança de escanteio, a defesa paranaense afastou e a bola sobrou para Jailson, na intermediária, próximo a grande área, mas o volante foi derrubado com falta de Neris. Maicon mandou direto, mas a bola passou sobre o gol de Thiago Rodrigues.

Aos 32’, o Paraná chegou com Jhonny Lucas pela direita, mas o atacante foi derrubado por Maicon. Na cobrança da falta, Caio Henrique mandou direto pela linha de fundo.

Respondendo, os gremistas chegaram com um lançamento de Maicon para Cortez, na esquerda. O lateral cruzou e a bola chegou a Léo Moura, que levantou na área. Thiago defendeu.

Aos 38’, uma nova falta, agora da extrema direita. Ramiro mandou direto, André desviou de cabeça, mas pra fora. Em mais uma falta para os gremistas, agora aos 43’, Luan colocou na área mas a defesa cortou.

Já nos acréscimos, o Paraná chegou com perigo. Silvinho roubou a bola e desceu pela esquerda, cruzando na área, mas Cortez afastou.

Jogo finalizou aos 48’.
 

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação.

A etapa complementar começou mais equilibrada. O Grêmio ameaçou aos 2 minutos, quando Luan tentou acionar André, mas Cléber cortou. Dois minutos depois, pela esquerda, Cortez recebeu e cruzou fechado, para Thiago defender.

O Grêmio conseguiu chegar ao gol aos 5’, depois de Ramiro cruzar na área, para André completar para o fundo das redes. Infelizmente o centroavante estava impedido e a jogada foi anulada pela arbitragem.

Os donos da casa tentaram com Caio Henrique, pelo meio, mas o atacante acabou desarmado pela defensiva gremista.

O Paraná resolveu arriscar de longa distância, com Silvinho, pela esquerda. O atacante mandou direto a gol, mas Grohe fez a defesa, aos 9 minutos.

Aos 11’, uma cobrança de falta a favor do Grêmio. Ramiro colocou na marca penal, mas Júnior tirou de cabeça, afastando o perigo da área. Em seguida, um lançamento foi feito para Jailson na área, mas Thiago saiu e fez a defesa.

Já aos 17 minutos, Ramiro cobrou escanteio e colocou a bola na segunda trave. No lance, Kannemann dividiu com o Thiago Rodrigues e ambos tiveram que receber atendimento médico.

Aos 25’, Renato promoveu duas substituições: Tirou Jailson e Maicosuel, para colocar Cícero e Pepê, respectivamente.

Na sua primeira participação na partida, Cícero tentou fazer um cruzamento na área, mas a bola foi afastada por Cléber.

O Paraná chegou com muito perigo aos 30  minutos, em uma jogada de contra-ataque. Silvinho desceu pela esquerda e acionou Caio Henrique, que ajeitou e mandou a gol, por sobre a meta de Grohe.

Em resposta, o Grêmio ameaçou com Pepê, que foi a linha de fundo e finalizou, mas a bola saiu.

A última alteração foi providenciada aos 33’, quando Lima ocupou o lugar de Léo Moura.

A melhor chance gremista veio aos 35’, quando a bola foi cruzada na área por Ramiro para Lima, que subiu entre os zagueiros e mandou de cabeça, obrigando Thiago a fazer uma difícil defesa.

O Grêmio seguiu pressionando e tentou com Pepê que invadiu a área e fez o cruzamento para o meio, mas mais uma vez, a zaga paraense cortou. Logo em seguida, Cícero tentou um lançamento, que terminou da mesma maneira.

Na reta final da partida, aos 42’, Ramiro fez um ótimo cruzamento para Cícero, que da direita,  finalizou, mas pra fora.

Já aos 47 minutos, Silvinho se lançou em contra-ataque, chegou em frente  a área e acabou desarmado por Maicon. Na sequência, Maicon deu passe para Ramiro dentro da área, mas o toque foi forte demais.

O Grêmio ainda tentou com Lima, que da direita chutou forte. Thiago, mais uma vez salvou.

Jogo finalizou aos 52’.


A arbitragem do jogo foi comandada por Rodrigo Batista Raposo, auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade e Luciano Benevides de Sousa.

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Com largada e chegada na Rua Rivadávia Corrêa, em frente ao Cultural Santanense, aconteceu neste domingo a Rústica Correndo pela Santa Casa. A prova sensibilizou muita gente pelo caráter solidário e teve nada menos que 403 inscritos. Prova arrecadou o valor de R$ 14.450.00 arrecadados no final da inscrições meia hora antes da largada. Os R$ 13.650.00 já havia sido destinados para o concerto dos três respiradores da UTI e o valor restante será destinado a pediatria. A prova teve largada e chegada em frente ao Cultural Santanense e cumpriu o roteiro proposto com a largada da geral da prova e caminhada ocorrendo as 8h30min posteriormente a garotada largou para a prova kids.

16min28seg depois da largada o fundista Marcos Costa cruzou a linha de chegada como o campeão da geral masculina. Kleisller Rangel foi o segundo e Ruben Borba foi o terceiro. Luciano Garcia e Marwin da Rin completaram o pódio na elite masculina. Entre as mulheres a riverense Mirna Vasquez confirmou o favoritismo com Luanda em segundo, Cândida Potter, em terceira, Sameher Baja em quarto e Ângela Cristiane na quinta posição.

Concluída a prova houve a formalidade de premiação aos destaques da prova, já que o objetivo geral já havia sido alcançado e todos que se engajaram na Corrida pela Santa Casa.

 

Resultados da prova

 

Geral Masculina

1º Marcos Costa

2º Kleisller Rangel

3º Ruben Borba

4º Luciana Garcia

5º Marwin Da Rin

 

Geral Feminina

1º Mirna Vasquez

2º Luanda

3º Candida Potter

4º Sameher Baja

5º Angela Cristiane

 

Masculina de 20 a 24 anos

1º Martin Barbosa

2º Iago Soares Bandeira

3ºEverton Colina

 

Masculina de 30 à 34 anos

1º Jorge Luis Vargas

2º Renato da Cunha Peres

3º Ricardo da Silva

 

Masculina de 35 à 39 anos

1º Luis Francisco Costa

2º Luis Eduardo Couto

3º Eder Cabreira Rocha

 

Masculina de 40 à 44 anos

1º Angel Gabriel Carneiro

2º Wilton guillenea

3º Fabiano Cunha

 

Masculina 45 à 49 anos

1º Diego Oliveira

2º Vonei Silveira Quintana

3º Alexandre Valença

 

Masculina de 50 à 55anos

1º Cirno Ronaldo Camargo

2º Joe Viaticliff Rodrigues

3º Julio Cesar Duarte

 

Masculina 55 à 59 anos

1º Pedro Paulo Severo Trindade

2º Mohamad Baja

 

Masculina 60 à 65 anos

1º Millel Lima (campeão também da especial)

 

Masculina 65 anos acima

1º Luan da Silva

2º Orasilla Rivera

3º Severiano Silva

 

Feminina de 15 à 19 anos

1ª Sihan Baja

2ª Lara Paulina

3ª Julia Guedes Aguirre

 

Feminina de 20 à 24 anos

1ª Paty Carvalho

 

Feminina de 24 à 29 anos

1ª Fernanda Guedes Aguirre

 

Feminina de 30 à 34 anos

1ª Kellen Salenave

2ª Lilian Michele Gonçalves

3ª Suelen Moraes

 

Feminina de 34 à 39 anos

1ª Ana Paula Cortez

2ª Ana Rita Castro

3ª Vanessa da Rosa

 

Feminina de 40 à 44 anos

1ª Amalia Del Rosário

2ª Silvana Padilha

3ª Edilma Guedes

 

Feminina de 45 à 49 anos

1ª Adriana Simões

2ª Mariana Pinheiro

 

Feminina 50 à 55 anos

1ª Rosita Cabreira

2ª Maria Niza Eula

3ª Laira Machado

 

Feminina 65 anos em diante

1ª Delia Garcia

2ª Seferina Gladis

3ª Glória Regina Moraes

O Governo Municipal apresentou mais uma boa notícia ao funcionalismo público municipal, na manhã desta sexta-feira (18). Em solenidade no Salão Nobre, o prefeito Ico Charopen anunciou o pagamento integral das licenças-prêmio para os servidores inativos do município, que ainda não receberam este benefício.

Acompanhado do secretário da Fazenda e diretor do SISPREM, Mulcy Torres; do secretário de administração, Fernando Linhares e do vereador Romario Paz – representando o presidente da Câmara de Vereadores, o anúncio reuniu centenas de servidores. Em sua fala, o Prefeito ressaltou os esforços do Executivo com controle de gastos para o cumprimento do pagamento das licenças.

Ao todo, cerca de 60 servidores receberão as licenças, que começarão a ser pagas a partir da próxima semana, conforme cronograma estabelecido pelo SISPREM.

Ico ainda anunciou que na próxima semana, o Governo Municipal irá pagar a primeira parcela do 13º salário para os servidores da Prefeitura e das autarquias municipais. 
 
 
FOTOS: HENDRICK SOARES/ASCOM

O Grêmio encerrou a semana com uma atividade técnica na tarde desta sexta-feira, no CT Presidente Luiz Carvalho. Com os retornos de Léo Moura, Paulo Miranda, Jael e Hernane aos treinos, o Tricolor está encaminhado para a sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Na manhã deste sábado, o plantel gremista realiza a última atividade antes da partida, que será realizada no Durival Britto, em Curitiba. O Grêmio ocupa a 4ª posição na tabela de classificação, com oito pontos somados em cinco jogos. Por outro lado, o Paraná ocupa a última colocação, com apenas um ponto. 

Dentro de campo, o técnico Renato Portaluppi comandou uma atividade de criação de jogadas partindo do meio-campo, que envolvia todos os setores durante a troca de passes. Na sequência, os atletas tinham que arrematar utilizando o pé contrário do habitual. Ao encerrar a atividade, os atletas participaram de um rachão, que contou com três equipes. O meia Douglas atuou como coringa na atividade.

O atacante Jael, que está voltando de lesão, acabou deixando a atividade mais cedo. Ausências certas na partida deste final de semana, o atacante Everton e o volante Arthur, apenas correram ao redor do gramado.

Fotos: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Página 1 de 263
Topo