Gisnei

Gisnei

SINOPSE E DETALHES

Não recomendado para menores de 12 anos
Depois de muitas vidas e aprendizados, Bailey vive tranquilamente com Hanna (Marg Helgenberger). Um dia, Gloria (Betty Gilpin), uma aspirante a cantora, aparece sem avisar na vida dos dois com uma notícia surpreendente: Hanna tem uma neta, chamada Clarity. Com o tempo, o cãozinho percebe como a menina é negligenciada pela mãe e decide que seu objetivo nesta vida é cuidar dela e protegê-la, incondicionalmente.
Título original 

A Dog's Journey

Distribuidor UNIVERSAL PICTURES
Ano de produção 2019
Tipo de filme longa-metragem

O aguardado desfecho da série Magisterium, das autoras best-seller Holly Black e Cassandra Clare. 

Uma geração atrás, o poderoso mago Constantine Madden chegou perto de alcançar o que nenhum feiticeiro jamais conseguira: o poder de reviver os mortos. Ele não teve sucesso... mas encontrou uma forma de manter a si mesmo vivo, dentro de uma criança chamada Callum Hunt. Ao longo de quatro anos de estudos no Magisterium, Callum tem sido simultaneamente um herói e um pária, uma força do bem e um presságio do mal. 

Prestes a começar seu último ano na escola mágica, seu lugar é menos certo do que nunca. Com uma única exceção, ele está distante da maioria de seus amigos. Uma escuridão furtiva ainda o persegue. E o maior desafio de sua vida está surgindo...

Fantasia / Ficção / Infantojuvenil / Literatura Estrangeira

Ano: 2019 / Páginas: 240
Idioma: português 
Editora: Galera Junior

 

Fonte: https://www.skoob.com.br

Não vou falar que é muito fácil de fazer, mas se seguir o passo a passo e assistir ao vídeo onde tem todas as etapas, você consegue sim, fazer esta receita deliciosa de arroz com frutos do mar.

Ahh mas eu não sou chef de cozinha para fazer pratos mais elaborados. Eu não sei cozinhar direito então não vou conseguir. Esta receita é a prova que mesmo não sendo nada disso você consegue fazer receitas gostosas sim.

E pode ter certeza, vai ficar uma delicia! ????

Então vamos para de enrolar e vamos ao que interessa, A RECEITA!

Ingredientes:

400g de camarão com casca ou 300g de camarão sem casca e 100g de camarão com casca
100g de lula picada em cubinhos
100g de polvo picado em pedaços menores
4 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de vinagre de maçã
1 colher de chá de mix de ervas: pimenta do reino, salsa, cominho, cheiro verde e sal
1 colher de chá de páprica picante
8 xícaras de café de arroz lavado
1 pimentão vermelho
1 cebola pequena triturada
Sal a gosto para temperar

Modo de Preparo:

Prepare todos os ingredientes antes de começar a cozinhar. Lave bem os frutos do mar, limpe e pique a lula e o polvo. Pique o pimentão, triture a cebola e faça seu mix de ervas para temperar. Lave o arroz e deixe escorrendo até a hora de leva-lo para panela.
Como moro no interior, tenho dificuldade de encontrar frutos do mar mais frescos, então usei mais camarão e fiquei só com a lula e o polvo, mas se quiser pode acrescentar mexilhões, vôngoles ou vieiras, fica a seu gosto.

Todos os ingredientes prontos, então tempere os frutos do mar com o mix de ervas, páprica, 1 colher de sopa de azeite e vinagre de maçã. Misture todos os ingredientes e reserve, deixando marinar por 30 minutos. Você vai deixar separado umas 100g de camarão com casca para decorar o prato no final, tempere estes camarões também e reserve. 
Então em uma panela funda esquente 2 colheres de sopa de azeite e refogue os camarões com casca, tampe para abafar e depois reserve estes camarões. 
Na mesma panela coloque mais 1 colher de sopa de azeite e coloque a cebola triturada para refogar. Em seguida acrescente o arroz e misture bem para toda a pasta de cebola misturar no arroz.

Abra um buraco no meio do arroz e coloque os frutos do mar que estavam marinando, deixe quieto por uns 2 minutos, depois acrescente o pimentão picado, então salpique uma pitada de sal e misture todos os ingredientes, por alguns minutos até ficar bem refogado. 
Em seguida acrescente o caldo de legumes, que você pode fazer ou usar aqueles prontos. Depois acrescente o vinho branco. Misture tudo e tampe a panela para deixar todos os ingredientes cozinhar.

O prato vai estar pronto quando o arroz estiver macio, se secar o arroz e ele ainda estiver duro, acrescente um pouco de água temperada com sal para não perder o tempero que você já havia acertado.

Para finalizar coloque os camarões com casca que você deixou reservado e está pronto para servir.

Gostou desta receita? Compartilhe ela com seus amigos nas redes sociais e nos siga no CANAL DO YOUTUBE – CLIQUE AQUI

Fonte: https://comsaborperfeito.com

A exportação de carne de frango acabou registrando um aumento de 14,4% no último mês de maio, impulsionada pelas compras oriundas da China, segundo informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). De acordo com a CarneTec Brasil, em seu site oficial, volume total de embarques brasileiros no mês foi de 381,1 mil toneladas.  

“A China se isolou como principal destino dos embarques brasileiros. O efeito gerado no mercado pela crise sanitária no país asiático impulsionou as importações, o que gerou efeitos, também na rentabilidade do mercado, com elevação de preços médios”, disse o presidente da ABPA, Francisco Turra, em nota. 

Além disso, a receita resultante dos embarques brasileiros de carne de frango em maio foi de US$ 658,9 milhões, alta de 27,3% ante maio de 2018. “Outros fortes aumentos nas vendas em maio ocorreram nos embarques para os Emirados Árabes Unidos, que compraram 30,7 mil toneladas, 49% acima do realizado no mesmo período do ano passado”, disse a CarneTec.  

“A União Europeia expandiu as importações em 26%, para 26,2 mil toneladas em maio. De janeiro a maio, o Brasil exportou 1,66 milhão de toneladas de carne de frango, 3,6% a mais do que no mesmo período do ano passado. A receita dos embarques somou US$ 2,76 bilhões, alta de 6,3%”, completa. 

Para finalizar, o diretor executivo da ABPA, Ricardo Santin, disse que a “disrupção no mercado gerado pela China ocorre em um momento em que outros importadores relevantes incrementaram suas compras. E há, também, as boas notícias vindas do México, para onde os embarques deverão ganhar novo impulso com a publicação de cotas adicionais de importação”, conclui. 

Por: AGROLINK -Leonardo Gottems 

No jogo de abertura da Copa do Mundo de Futebol Feminino, a anfitriã França venceu a Coreia do Sul por 4 a 0. A partida foi realizada no Parc de Princes, em Paris, e valeu pela primeira rodada do grupo A da competição.

O destaque da partida foi a zagueira Renard, que marcou dois gols e teve uma atuação segura na defesa.

Na história dos mundiais, este foi o terceiro encontro entre francesas e sul-coreanas. Nas duas oportunidades anteriores a seleção francesa também venceu.

O jogo

Desde o apito inicial, a equipe da casa dominou as ações, criando chances, marcando sob pressão e dificultando as jogadas do time sul-coreano.

E não demorou muito para a seleção francesa transformar este domínio em vantagem no placar. Aos 8 minutos da etapa inicial, Amandine Henry avançou pela direita e cruzou para a atacante Eugenie Le Sommer, que bateu de primeira para abrir o marcador.

O tempo passou e o panorama da partida não mudou. Aos 26 minutos, a França quase chegou ao segundo gol em bela jogada envolvendo suas zagueiras. Após bola levantada na área, Renard cabeceou para Mbock Bathy, que acertou um bonito chute para vencer a goleira Kim Minjung. Mas o gol foi anulado por marcação de impedimento, decisão que a árbitra tomou com auxílio do VAR (árbitro de vídeo).

Porém, aos 34 minutos não teve jeito. A zagueira Renard marcou de cabeça após cobrança de escanteio perfeita de Gaetane Thiney. E Renard voltaria a brilhar nos acréscimos da etapa inicial, quando a zagueira aproveitou outra cobrança de escanteio para fazer o terceiro gol da França.

Com a desvantagem no placar, a Coreia do Sul saiu um pouco mais para o jogo no segundo tempo. Mas a França continuou melhor e não deu chances ao time adversário, administrando a vantagem com bom toque de bola.

Aos 23 minutos da etapa final, a Coreia do Sul teve a primeira chance real de gol após o chute forte de Kang Chaerim, que foi para fora.

Mas a França era melhor, e aos 39 do segundo tempo deu números finais ao confronto. Amandine Henry recebeu na intermediária, avançou e bateu colocado da entrada da grande área para vencer a goleira da Coreia do Sul. França 4 a 0.

Com a vitória de hoje, a França lidera o grupo A do Mundial com 3 pontos, enquanto a Coreia do Sul está na última posição sem pontuar. No sábado(8), Noruega e Nigéria completam a primeira rodada do grupo. O jogo será no Stade Auguste-Delane, em Reims. Também no sábado, acontecem duas partidas válidas pela rodada inicial do Grupo B: Alemanha x China e Espanha x África do Sul.

Acesse a tabela completa da Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019

*Fábio Lisboa é comentarista esportivo dos programas da TV Brasil Stadium e No Mundo da Bola.

Edição: Liliane Farias
 
Por Fábio Lisboa 
 
 
Lucy Nicholson/Reuters

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de maio variou 0,13% e ficou 0,44 ponto percentual abaixo da taxa de abril (0,57%). Esse foi o menor resultado para maio desde 2006 (0,10%). O IPCA é a inflação oficial do país.

Em maio de 2018, a taxa havia sido de 0,40%. Os dados foram divulgados hoje (7), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A variação acumulada no ano ficou em 2,22% e em 12 meses chegou 4,66%, abaixo dos 4,94% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

De acordo com o IBGE, quatro dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados mostraram deflação em maio.

O impacto negativo mais intenso (-0,14 ponto percentual) sobre o IPCA de maio veio de Alimentação e bebidas (-0,56%), que havia subido 0,63% em abril. Também apresentaram deflação: Artigos de Residência (-0,10%), Educação (-0,04%) e Comunicação (-0,03%).

Entre as altas, os destaques são Habitação (0,98%), com impacto de 0,15 ponto percentual, e Saúde e cuidados pessoais (0,59%), com impacto de 0,07 ponto percentual.

Segundo o IBGE, o resultado do grupo Alimentação e Bebidas deve-se principalmente à queda de 0,89% observada no grupamento da alimentação no domicílio.

O tomate, após apresentar alta de 28,64% em abril, caiu 15,08%, e o feijão-carioca acentuou a queda em relação ao mês anterior (passou de -9,09% para -13,04%). As frutas (-2,87%) também recuaram mais intensamente do que em abril (-0,71%).

Por outro lado, o leite longa vida (2,37%) e a cenoura (15,74%) subiram em maio, após apresentarem quedas (-0,30% e -0,07%, respectivamente) em abril.

Maior impacto

O grupo Habitação (0,98%), por sua vez, apresentou o maior impacto positivo no mês de maio, influenciado principalmente pela alta de 2,18% no item energia elétrica.

O IBGE lembra que, de dezembro de 2018 a abril de 2019, havia vigorado a bandeira tarifária verde, em que não há cobrança adicional na conta de luz.

Em maio, passou a vigorar a bandeira amarela, com custo adicional de R$ 0,01 para cada quilowatt-hora consumido. Além disso, vários reajustes de tarifas foram incorporados.

Ainda em Habitação, a variação de 0,82% na taxa de água e esgoto reflete os reajustes de 4,72% na região metropolitana de São Paulo (3,15%), a partir de 11 de maio, e de 2,99% em Brasília (0,18%), vigente desde 1º de abril. A queda no gás encanado (-0,84%), por sua vez, se deve à redução média de 1,40% nas tarifas residenciais da região metropolitana do Rio de Janeiro (-1,57%), desde 1º de maio.

O gás de botijão, também do grupo Habitação, teve alta de 1,35%, devido ao reajuste médio de 3,43%, autorizado pela Petrobras, nas refinarias, a partir de 5 de maio.

Segundo o IBGE, a segunda maior variação ficou com o grupo Saúde e Cuidados Pessoais (0,59%), que também exerceu o segundo maior impacto positivo no mês (0,07 p.p.).

Os preços do grupo desaceleraram em relação a abril (1,51%), principalmente por conta dos remédios, que passaram de 2,25% em abril para 0,82% em maio, e dos perfumes, que passaram da alta de 6,56% em abril para a queda de 1,61% em maio.

No grupo dos Transportes (0,07%), destaca-se a gasolina (2,60%), que apresentou o maior impacto individual no IPCA de maio, com 0,11 ponto percentual.

Passagens aérea caem de preço

Ao mesmo tempo, as passagens aéreas, que haviam subido em abril (5,32%), apresentaram queda de 21,82% em maio, contribuindo com o maior impacto individual negativo no índice do mês (-0,10 ponto percentual).

O IPCA é calculado pelo IBGE desde 1980, se refere às famílias com rendimento 1 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e Brasília.

Para o cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados entre 1º de maio e 29 de maio de 2019 (referência) com os preços vigentes entre 30 de março e 30 de abril de 2019 (base).

*Matéria alterada às 9h55 para acréscimo de informações

Edição: Kleber Sampaio
 
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
 
Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil

Neste ano, os gaúchos foram desafiados a participar da corrente de solidariedade do Desafio Solidário, ação integrante do Dia do Desafio 2019. A atividade incentivou o público a doar roupas, calçados e cobertores para a Campanha do Agasalho, realizada pelo Governo do Estado em parceria com o Sistema Fecomércio-RS/Sesc. O resultado foi a arrecadação de 43.912 peças, que serão repassadas às entidades sociais participantes. A Campanha segue recebendo doações até 31 de agosto. As Unidades do Sesc/RS são pontos de coleta.

Sobre o DDD – Criado no Canadá, o evento é difundido mundialmente pela The Association For International Sport for All (TAFISA), entidade de promoção do esporte para todos, sediada na Alemanha. É uma campanha de incentivo à prática regular de atividades físicas em benefício da saúde. O Sesc/SP coordena o evento no Continente Americano desde 2000 e, no Rio Grande do Sul, a ação é capitaneada pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc em parceria com as Prefeituras. O convite à atividade física se estende a todos, envolvendo o poder público de cada cidade, as instituições da sociedade civil, empresas, voluntários locais e os próprios participantes. Mais informações podem ser obtidas no site www.sesc-rs.com.br/diadodesafio.

Fonte: https://www.sesc-rs.com.br

Subir na boleia de um caminhão é cada vez mais surpreendente pelo aparato tecnológico embarcado nas cabines e pelo conforto que é proporcionado aos motoristas. As montadoras, presentes na 21 Feira e Congresso TranspoSul, realizada nos pavilhões da Fundaparque, em Bento Gonçalves (RS), trouxeram o que há de mais moderno neste sentido. Tudo pode ser resumido em três objetivos centrais que atendem tanto aos profissionais do volante como aos empresários do setor: conforto, segurança e economia.

- Tivemos belas palestras e muitas novidades trazidas pelas montadoras com tecnologia muito avançada. Além disso, foi fundamental a integração com outros modais, no HUB do Embarcador, Startups e outras empresas que oferecem serviços e produtos para o setor de transporte e logística – afirmou o presidente do SETCERGS, João Jorge Couto da Silva.

A aposta da MAN VW Caminhões e ônibus é na tecnologia inovadora. Durante a TranspoSul, a empresa apresentou ao mercado o RIO, uma plataforma sustentável composta por vários serviços conectados. Funciona em nuvem para aplicação de serviços próprios e de terceiros reduzindo custos e aumentando o volume de negócios. A tecnologia coleta informações sobre caminhões, reboques, motoristas, cargas, dados sobre tráfego, clima, entre outras informações. A partir dos resultados são geradas recomendações valiosas para tomada de decisão.

- É um benefício muito grande que vai possibilitar agregar qualquer tipo de serviço, desde o mapeamento de rota, contratação de frete, telemetria e rastreamento, entre outros. É como se fosse uma caixa preta do caminhão - explica o gerente executivo da MAN Latin America, Sérgio Pugliese.

Com opções de toda linha de produtos, desde o leve até o extra-pesado, a Mercedes-Benz, foca na economia e tecnologia em seus produtos. O coordenador regional de vendas da Mercedes Benz, Michel Candido Neves, destacou o grande interesse dos visitantes pelo caminhão Actros, que teve nos últimos anos um crescimento de 5% a 30% no share de mercado.

- O Actros é um caminhão consolidado no mercado e que caiu na graça do caminhoneiro. Traz toda parte de segurança com sensores de faixa e radar que freia automaticamente o caminhão. Tecnologicamente é muito diferenciado e ainda traz uma economia muito grande de combustível e por isso tornou-se uma referência no mercado – explica.

Mundialmente conhecida por investir forte na segurança, a Volvo agregou ainda mais preocupação com a sustentabilidade e economia de combustível.

- Apresentamos o pacote de aceleração inteligente que melhorou a performance do motor 13 litros trazendo maior economia e conforto, tanto no caminhão 6x2 como no 6x4. A tecnologia pode chegar a até 10% em alguns tipos de operação. Estamos trabalhando, ainda, com o caminhão modelo 2020 aqui na TranspoSul e o FH 540 que fez muito sucesso no Test Drive – explicou o gerente regional de vendas da Volvo Dipesul, Carlos Alberto Silveira.

A chefe de propaganda e promoção da Scania Brasil, Lana Piccoli, destaca que a TranspoSul cumpriu um papel importante de apresentação da nova geração de caminhões da Scania.

- O modelo S500 6x2, por exemplo, traz uma cabine nova que não existia no Brasil. Tem um teto mais alto e acabamento requintado em termos de conforto, segurança e tecnologia. A motorização trabalha em duas potências, mas agora, com uma configuração completamente nova em termos de potência do caminhão. Todo nosso leque é completo, mas sempre com o alto torque conhecido do motor Scania, podendo variar desde opções para linhas regionais até os de maior potência para longas distâncias – afirma.

A linha de produtos da Iveco foi outra atração para os visitantes. Reconhecido e líder do mercado no segmento, o Daily, foi um dos produtos exibidos o caminhão mais vendido na região da linha pesada Hi-Way.

- O mais importante, hoje, é trabalhar o custo operacional do caminhão. Os custos estão elevados e há uma discussão grande do frete do produto. Por isso, trabalhamos no desenvolvimento de um caminhão que oferece a melhor rentabilidade para o caminhoneiro. Nossa obsessão é trabalhar diariamente neste sentido para que o caminhoneiro e o empresário possam ter melhor lucratividade – disse.

Para o diretor de vendas da DAF, Antenor J. Frasson Jr. estar na TranspoSul desde o princípio representou um avanço importante desde que a marca chegou no Brasil.

- Participamos desde que chegamos como marca aqui no Brasil e o Rio Grande do Sul sempre foi uma referência forte no segmento de transportes. Não tem como não estarmos presentes nesta feira tão importante – disse.

A marca causou grande impressão com o modelo de caminhão que possui a cabine mais alta do mercado.

- Estamos entregando o máximo conforto para os clientes. Podemos citar a ampla cabine e nível de ruído que é extremamente baixo. Prezamos não somente pela questão do frete em sim mas pelo conforto para o operador que passa o dia na estrada dando a ele o máximo de conforto e o máximo de economia para o frotista – contou o gerente de planejamento de produto e engenharia de vendas da DAF, Alekson M Felicio.

A TranspoSul é promovida pelo Sindicato das Empresas Transportadoras de Cargas do Rio Grande do Sul (SECTERGS).

Redação: Marcelo Matusiak
Coordenação: Marcelo Matusiak

A seleção feminina de futebol, que já está e Grenoble, na França, para disputar a Copa do Mundo, treina nesta quinta-feira (6) no Stade Paul Bourgeat, que fica perto do hotel onde a delegação brasileira está hospedada.

A atacante Marta permanece em tratamento na fisioterapia para se recuperar de uma lesão muscular na coxa esquerda. A atleta ainda não tem a sua presença garantida no jogo de estreia do Brasil na competição contra a Jamaica, no próximo domingo (9), às 10h30.

Seleção chega a hotel onde ficará hospedada em Grenoble, na Fança
Seleção chega a hotel onde ficará hospedada em Grenoble, na Fança - Divulgação CBF

O time comandado pelo treinador Vadão (Oswaldo Fumeiro Alvarez) chegou no início da noite dessa quarta-feira(5), em Grenoble, procedente de Portimão, em Portugal, onde cumpriu um período de preparação.

No desembarque, a seleção foi recepcionada por crianças e autoridades francesas, entre elas, o prefeito de Grenoble, Éric Piolle.

A meia Thaisa, que participa de sua segunda Copa do Mundo, a primeira foi no Canadá, em 2015, foi impressionada com o carinho dos franceses. “É de arrepiar, você chega e tem essa recepção maravilhosa que a gente teve aqui, foi de arrepiar. Agora estamos aqui e vamos com tudo”, disse.

 

*Com informações da CBF

Edição: Aécio Amado
Cerca de 2,55 milhões de contribuintes que declararam Imposto de Renda neste ano vão receber dinheiro do Fisco. A Receita Federal abre na próxima segunda-feira (10) a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2019.
Notas de Real
O dinheiro será depositado na conta informada pelo contribuinte na declaração - Arquivo/Agência Brasil

Ao todo, serão desembolsados R$ 4,99 bilhões do lote deste ano. A Receita também pagará R$ 109,6 milhões a 20.087 mil contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2018, mas estavam na malha fina. Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2019, o total gasto com as restituições chegará a R$ 5,1 bilhões para 2.573.186 contribuintes.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

O crédito bancário será feito em 17 de julho. As restituições terão correção de 1,54%, para o lote de 2019, a 109,82% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Os dois últimos lotes regulares serão liberados em novembro e dezembro. Se estiverem fora desses lotes, os contribuintes devem procurar a Receita Federal porque os nomes podem estar na malha fina por erros ou omissões na declaração.

A restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito no prazo, a solicitação deverá ser feita por meio do formulário eletrônico – pedido de pagamento de restituição, ou diretamente no e-CAC , no serviço extrato de processamento, na página da Receita na internet. Para quem não sabe usar os serviços no e-CAC, a Receita produziu um vídeo com instruções.

Edição: Nádia Franco
Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil
Página 10 de 350
Topo