Substância encontrada no vinho pode ajudar a emagrecer, aponta estudo

vinho é rico em antioxidantes, os polifenóis e os flavonoides, e para a ciência o consumo moderado dessa bebida pode trazer benefícios ao coração, a libido, à dieta e combate o envelhecimento precoce.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade do Estado de Washington, nos Estados Unidos, beber vinho antes de dormir pode auxiliar na perda de peso durante o sono. Isso ocorre devido a uma substância chamada resveratrol, presente principalmente na casca e na semente da uva roxa.

O resveratrol é um polifenol, que age como antioxidante e pode ser encontrado na maioria das frutas, principalmente nas escuras ou de cascas escuras, como o açaí, amora e mirtilo. Porém, no vinho há uma grande concentração da substância. Esse elemento é capaz de transformar o excesso de gordura branca em gordura marrom, uma forma mais fácil de ser eliminada pelo organismo.

Para o estudo, os pesquisadores investigaram ratos que foram alimentados com dieta muito gordurosa. Uma parte deles recebeu uma dose diária de resveratrol, enquanto outra parte não. Os resultados mostraram que os animais que receberam a substância engordaram 40% menos que os roedores que só se alimentaram com a dieta calórica.

"Os polifenóis em frutas aumentam a oxidação de gorduras na dieta de modo que o corpo fica sobrecarregado. Converter gordura branca em gordura marrom auxilia na queima de lipídios e ajuda a manter o corpo em equilíbrio e prevenir a obesidade e disfunção metabólica", comentou Min Du, professor e cientista da Universidade do Estados de Washington.

 

No entanto, não basta beber uma taça de vinho diariamente para emagrecer ou manter uma vida saudável, mas sim adaptar sua rotina com uma dieta balanceada, prática de exercícios físicos e uma boa qualidade de sono.

Além disso, uma pesquisa feita por cientistas da Harvard Medical School, também nos Estados Unidos, acompanhou 20 mil mulheres durante 13 anos, descobrindo que aquelas que bebiam até duas taças de vinho por dia tinham uma chance 70% menor de estar acima do peso. A razão para essa descoberta também está no resveratrol, que ajuda a controlar o apetite.

As escolhas na hora de consumir a bebida também pode ajudar. Os vinhos suaves são mais doces, já que neles são inseridos açúcar, e o que agrada melhor o paladar das pessoas. Uma taça de vinho suave possui cerca de 210Kcal, enquanto, o vinho seco apresenta 130Kcal. Portanto, o vinho seco é o mais adequado para o consumo de quem está de dieta.

Fonte: www.minhavida.com.br

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo