Especial de Autoaceitação: veja como entrar em contato com sua melhor versão

Vivemos em um mundo onde aprendemos que a felicidade está sempre um passo à frente. O sentimento de satisfação que tanto almejamos se esconde em um tempo diferente do atual, enquanto no presente encontra-se apenas a necessidade de mudança.

Somos condicionados a acreditar, por exemplo, que o emprego ideal não é o que temos atualmente. Que o corpo para o verão não é o que vemos no espelho todos os dias . Que a felicidade plena só é de fato completa se tivermos alguém para amar ao nosso lado. Acreditamos que nosso presente é um rascunho que precisa ser passado a limpo. Mas será que precisamos de tantas mudanças? Somos realmente tão inadequados?

Perguntas como essas não costumam ter muito espaço em nossas vidas, mas deveriam. Isso porque, mais do que trazer respostas sobre o que realmente queremos, elas também podem levar a um caminho pouco explorado por nós: a autoaceitação. Sim, pensar sobre o que queremos de forma sincera, olhando para si de maneira madura e racional pode contribuir para que cada um perceba que não precisa necessariamente mudar a vida, mas sim ajustar o foco ao autoconceito que se tem.

Como forma de contribuir e propor uma reflexão, o Minha Vida elaborou um especial sobre autoaceitação. Nele, escrevemos três reportagens que visam trazer perguntas e provocações para que os leitores sejam capazes de elaborar suas próprias respostas.

Rate this item
(0 votes)
Login to post comments
Topo