Gisnei

Gisnei

Segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o Registro Civil, das mais de 1 milhão de uniões registradas, 23,6% foram de recasamentos. Os recasamentos são as uniões em que pelo menos um dos membros do casal já foi casado.

Naturalmente, a chance de o casal ter filhos das relações anteriores é grande. Assim, cada vez mais homens e mulheres assumem novos papéis dentro dos relacionamentos afetivos: o de madrasta ou o de padrasto.
Além de precisar aprender a lidar com este novo papel, em muitos casos os filhos do outro casamento acabam indo morar junto com o novo casal.

Segundo a psicóloga Marina Simas de Lima, terapeuta de casal, família e cofundadora do Instituto do Casal, o recasamento representa uma nova etapa na vida familiar e provoca mudanças importantes no cotidiano e nas relações familiares.

“Essas transformações surgem dos novos papéis, regras e combinados que essa nova família terá. Porém, quando envolve filhos de relações anteriores, homens e mulheres são obrigados a exercer funções parentais com os enteados, antes ou ao mesmo tempo em que estão construindo sua identidade conjugal. Esse processo pode ser bem desafiador”, comenta Marina.

Para a psicóloga Denise Miranda de Figueiredo, terapeuta de casal, família e cofundadora do Instituto do Casal, alguns casais podem ter dificuldade para separar a relação com o (a) ex parceiro (a) da função parental. Além disso, nem todos estão preparados para compartilhar a parentalidade, ou seja, cuidar ou educar crianças que não são seus filhos, nos papéis de madrasta ou de padrasto. Quando a pessoa não tem filhos, isso pode ser ainda mais difícil”.

Limites e combinados são importantes
Marina e Denise ressaltam que no início, o mais importante é que sejam feitos combinados e definidos limites. “Pais e mães devem sempre manter o papel de cuidadores e responsáveis principais pelos filhos. Porém, no dia a dia, é importante que madrastas e padrastos ofereçam apoio a esses cuidados, respeitando sempre os limites e regras impostos pelos pais”.

Ser madrasta é mais difícil?
Infelizmente, a sociedade criou um preconceito em relação ao papel da madrasta, presente até mesmo em histórias e contos infantis. Porém, cada situação é única e deve ser avaliada sob diferentes perspectivas. Em alguns casos, a mulher pode sentir ciúmes da criança, pode se sentir incomodada com o contato do marido com a ex mulher ou ainda se sentir sobrecarregada em relação a assumir um papel de cuidadora dessa criança”, comenta Marina.

“Claro que essa mesma situação pode acontecer com o homem no seu papel de padrasto. Entretanto, as dificuldades de ser madrasta podem ser maiores por conta da expectativa da sociedade em relação à mulher quanto ao instinto maternal. Além disso, em geral, as tarefas domésticas e os cuidados com os filhos tendem a ser assumidos mais pela mulher do que pelo homem. Casais que conseguem equilibrar essas atividades ainda são exceção”, ressalta Denise.

Porém, lembra Marina, nem todas as mulheres nascem para ser mães ou têm essa vocação ou instinto. “Assim, quando esta mulher está em um casamento em que precisa assumir o papel de madrasta, será um processo bastante complexo e vai precisar de ajustes e combinados bem delimitados para dar certo. Ela também vai precisar do apoio do parceiro. O contrário também se aplica. Quando é o homem que não tem filhos, pode passar pelo mesmo desafio”.

Para o bem de todos
Para que a nova configuração familiar funcione de uma forma saudável, o ideal é que a transição seja feita de forma gradual e que se construam vínculos afetivos baseados no amor e no respeito. “Madrastas e padrastos podem ser uma importante fonte de apoio e suporte na criação e na educação das crianças e quanto mais os ex parceiros tiverem uma boa relação entre si, melhor será para o novo casal e para os filhos”, diz Denise.

“Outro ponto importante é que não existe divórcio dos filhos, ou seja, o casamento termina, mas os papéis de pai e mãe são para sempre e não devem ser delegados para os novos cônjuges. Em primeiro lugar para o bem-estar da criança ou adolescente e em segundo para o do casal”, reflete Marina.

“Por fim, se você decidiu se casar com alguém que já tem filhos de um relacionamento anterior, é preciso estar consciente de todos esses desafios e abrir-se para ajudar o (a) parceiro (a) dentro das suas possibilidades”, concluem as psicólogas.


Para mais informações, contatar:
Clara Sangiorgio
Assessoria de Imprensa
(11) 97585-0404
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Foto: EBC

O primeiro dia de treinos da Copa Truck no Autódromo Oscar y Juan Galvez, em Buenos Aires, teve o caminhão Mercedes-Benz de Wellington Cirino como o mais rápido, com 1min37s189, obtido na segunda sessão de treinos. Neste sábado, os caminhões voltam a pista para mais uma sessão de treinos livres e a definição da pole-position.

Desde o início dos treinos Wellington Cirino esteve entre os mais rápidos, mesmo poupando o caminhão na primeira prática para ajustar o novo motor instalado em seu caminhão após a etapa disputada em Goiânia.

“O caminhão está bastante confiável e rápido, assim como estava em Goiânia. Acho que dá pra brigar pela pole-position amanhã. Mas a cabeça está voltada para sair de Buenos Aires como líder da Copa Mercosul”, comentou Wellington Cirino ao descer de seu caminhão Mercedes-Benz da Dopamina Energy Drink.
André Marques ficou com o sétimo tempo do dia, porém, com apenas uma volta no treino da tarde.

“Fizemos uma manutenção logo após o primeiro treino, mas o intervalo foi curto e não tivemos como fazer todo o treino. Entrei apenas nos últimos minutos, dei uma volta rápida. O importante é que deu pra sentir que o caminhão está bom e amanhã vamos pra cima”, analisou o piloto da Império Truck Racing.

O treino que define o poleposition para a etapa de abertura da Copa Mercosul será realizado a partir das 17 horas desde sábado. Antes, os caminhões realizam o terceiro treino livre. A corrida, no domingo, será as 13h20, com transmissão pelo SporTV3.

Melhores tempos da sexta-feira
1º - Wellington Cirino, Mercedes-Benz, 1min37s189
2º - Felipe Giaffone, Volks, 1min37s285
3º - Roberval Andrade, Scania, 1min37s596
4º - Danilo Dirani, Mercedes-Benz, 1min37s739
5º - Beto Monteiro, Iveco, 1min38s322
6º - Leandro Totti, Mercedes-Benz, 1min38s895
7º - Andre Marques, Mercedes-Benz, 1min38s922
8º - Regis Boessio, Volvo, 1min39s001
9º - Giuliano Losacco, Iveco, 1min39s020
10º - Witold Ramasauskas, Man, 1min39s274
11 º - Pedro Paulo Fernandes, Mercedes-Benz, 1min39s290
12º - Adalberto Jardim, Ford, 1min39s867
13º - Renato Martins, Volks, 1min40s051
14º - Rogerio Castro, Volks, 1min40s754
15º - Luiz Lopes, Iveco, 1min41s394
16º - Duda Bana, Volvo, 1min41s651
17º - Debora Rodrigues, Volks, 1min42s246
18º - Rodrigo Belinati, Volks, 1min43s494
19º - Fábio Fogaça, Ford, 2min12s816

Crédito: RR Media/Rodrigo Ruiz.  

A Semana Farroupilha 2018 foi aberta oficialmente na manhã desta sexta-feira (14), no Galpão Oficial, localizado na Praça General Osório. Com um grande número de tradicionalistas, representantes das entidades participantes do Desfile Farroupilha e autoridades, a centelha da Chama foi apresentada pelo Grupo Santanense de Cavalgadas, que trouxe o símbolo desde Iraí, na 33ª Cavalgada de Busca da Chama.

Sob os olhares atentos de centenas de cavalarianos e ao som da Fanfarra do 7º RCMec, a centelha foi distribuída entre as entidades tradicionalistas. Ao parabenizar a Comissão Organizadora e os tradicionalistas, o prefeito Ico Charopen destacou que o apoio da Prefeitura Municipal ao evento se faz imprescindível. “Este evento tem uma importância significativa, o nosso Governo sempre estará investindo porque acreditamos na preservação da nossa história e da nossa cultura”, destacou.

“Aqui é o berço da cultura, a melhor Semana Farroupilha do mundo. É nossa obrigação e nosso compromisso manter sempre viva esta chama da cultura, fazendo com que ela se propague a cada rincão e cada gaúcho de coração e alma pura”, ressaltou ainda o presidente da Comissão Organizadora dos Festejos e representante do MTG, Leonardo Soares.

Além de ser palco da abertura oficial, o Galpão receberá representantes das entidades ao longo da Semana Farroupilha que irão se revezar na Casereada da Chama. Até o dia 20, apresentações artísticas e culturais serão realizadas no local.


FOTOS: ÁGUIDO RICARDO E HENDRICK SOARES/ASCOM

O Grêmio segue com os trabalhos de preparação para o próximo jogo do Campeonato Brasileiro, diante do Paraná, neste sábado, às 16h, na Arena. 

O grupo teve a sua atividade dividida em duas etapas. Como de praxe, inicialmente os atletas realizaram um trabalho de aquecimento, orientados pelo preparador Rogério Dias e seus auxiliares: primeiro alongamentos e depois um treino com bola em espaço reduzido.

Na sequência, foi a vez do técnico Renato Portaluppi comandar uma atividade técnica. Dividiu o grupo em dois times que se enfrentaram. Em um campo reduzido, trocavam passes com o objetivo final de chegar ao gol. Os goleiros Marcelo Grohe, Paulo Victor e Bruno Grassi revezavam na meta.

Nesta quinta-feira, às 9h30, os atletas se apresentam novamente no CT para mais uma atividade.

Após o treinamento desta tarde, o zagueiro Pedro Geromel concedeu entrevista coletiva. Confira a íntegra abaixo:

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

O Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (Macrs) recebe, nesta quinta-feira (13), o Festival de Esculturas Itinerantes. Esta é a primeira vez que o evento ocorre no estado. A mostra, que contará com a participação de 31 artistas de diferentes locais do Brasil e do exterior, foi criado a partir do Festival de Esculturas do Rio de Janeiro que, em abril de 2019, chegará à sua quarta edição ocupando, simultaneamente, diferentes museus, centros culturais e praças da capital fluminense. A inauguração do festival ocorre às 19h, no sexto andar da Casa de Cultura Mario Quintana, e pode ser visitada até o dia 14 de outubro. A entrada é gratuita.

Com a curadoria e organização do produtor carioca de artes visuais, Paulo Branquinho, o evento apresenta esculturas de diferentes técnicas, materiais e estilos, na qual o visitante passeia pela diversidade. 

Participam artistas como os cariocas Gonçalo Ivo, Raul Mourão, Marcos Cardoso, Robson Macedo, Gianguido Bonfanti e Cris Cabus; o paulista Ângelo Augusto Milani; o mineiro Jorge dos Anjos; a chilena Lorena Olivares; o dinamarquês Jesper Neergaard; o italiano Renato Brunello e o uruguaio Boris Romero. Do Rio Grande do Sul integram a mostra Catiuscia Dotto, Ingrid Loal, Leonardo Loureiro, Lucas Stray e Roberto Chagas.

SERVIÇO

O quê: Festival de Esculturas Itinerantes
Local: Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul – 6º andar da CCMQ (Rua dos Andradas, nº 736 – Centro Histórico)
Data: 13 de setembro | Quinta-feira | às 19h
Visitação: de 14 de setembro até 14 de outubro, de terça-feira até sexta, das 9h às 18h30, e sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h30.

Texto: Roberta Amaral/CCMQ
Edição: André Malinoski/Secom

O câncer é caracterizado pela multiplicação descontrolada de células com DNA modificado2. Em 2029, a patologia poderá ser a principal causa de morte no país3, mas grandes avanços em tratamentos oncológicos têm proporcionado um cenário mais promissor aos pacientes. Um exemplo disso é o linfoma de Hodgkin, no qual o tratamento pode alcançar a cura em até 90% dos casos4.

A doença se origina nos gânglios do sistema linfático, responsável por produzir e transportar as células encarregadas pela imunidade do organismo, e acomete, principalmente, jovens em idade ativa, entre 15 e 35 anos1.

 

Sinais e Sintomas:

Seus sintomas não são estritamente definidos porque podem variar dependendo do paciente e em qual região do corpo a doença se manifesta. Alguns dos principais sinais e sintomas observados são coceira, inchaço indolor dos gânglios linfáticos do pescoço, axilas ou da virilha, fadiga persistente, febre e calafrios, suores noturnos, perda de peso e apetite e até mesmo maior sensibilidade à ingestão de álcool1.

Devido a esse inchaço dos linfonodos que a maioria dos pacientes procura atendimento médico, geralmente um clínico geral. Mas o diagnóstico precoce pode ser dificultado devido à incerteza gerada pelos sinais, que podem ser confundidos com ínguas inflamatórias. O linfoma de Hodgkin não é a causa mais comum de aumento de volume dos linfonodos. O aumento dos gânglios linfáticos, especialmente em crianças, é causado por infecções. Neste caso, o linfonodo retorna ao seu tamanho normal quando a infecção cede5. Cabe ao médico realizar os exames e investigar a situação do paciente.

Ambos são cânceres hematológicos que atingem os gânglios do sistema linfático, células encarregadas pela imunidade do organismo e podem ainda afetar órgãos como fígado, medula óssea, ossos, entre outros. Normalmente, as doenças acometem pacientes jovens, entre 15 e 35 anos2.

 

Diagnóstico e tratamento:

O tratamento do linfoma de Hodgkin é considerado um dos tipos de câncer com maior probabilidade de cura. Cerca de 90% dos pacientes respondem ao tratamento1. Para diagnosticar a doença, alguns exames são necessários, como o físico, para procurar vestígios da manifestação da doença nos linfonodos, exame de sangue e a biópsia para concluir o diagnóstico1.

 

Em função das opções de tratamento definidas para cada paciente, uma equipe médica multidisciplinar pode ser formada por especialistas, como hematologista, oncologista e radioterapeuta, além de outras especialidades complementares6.

 

É importante que todas as opções de tratamento sejam discutidas com a classe médica para alinhar os possíveis efeitos colaterais. Assim, a melhor decisão pode ser tomada, buscando a adaptação às necessidades de cada um6.

 

Atualmente, os pacientes dispõem de linhas de tratamentos6. A primeira opção utilizada geralmente é a quimioterapia, administrada por via venosa, que tem como objetivo destruir as células cancerígenas. Além disso, a radioterapia é realizada em conjunto. O tratamento emite raios com alto teor de energia na direção afetada pelos linfonodos e destrói ou cessa o crescimento dessas células6,7.

 

Apesar de ter alto índice de cura, ainda existem aqueles que não respondem à terapia adotada ou ainda voltam a ter a doença. Nesse caso, como segunda linha de tratamento pode-se recorrer ao transplante autólogo de células tronco, que consiste no fornecimento de células saudáveis ao paciente utilizando suas próprias células8.

 

Para pacientes recidivados e refratários, existe ainda a esperança de tratamentos medicamentosos9. Quando se fala em câncer, é comum pensar em um paciente debilitado e inativo. Felizmente, o cenário pode ser diferente para o linfoma de Hodgkin que, quando diagnosticado precocemente, apresenta grandes chances de cura1. Além disso, existe a disponibilidade de novos mecanismos para o tratamento da doença9.

 

Referências:

1. Portal Minha Vida [Internet] 2016. Linfoma de Hodgkin: sintomas, tratamentos e causas. [cited 2017aug14]. Available from:http://www.minhavida.com.br/saude/temas/linfoma-de-hodgkin

2. Abrale. O que é Câncer?. Disponível online em: http://www.abrale.org.br/doencas/o-que-e-cancer

3. Observatório de Oncologia. Dos dados de hoje às mortes por câncer em 2029. Disponível online em:https://observatoriodeoncologia.com.br/dos-dados-de-hoje-as-mortes-por-cancer-em-2029/

4. Fundação do Câncer [Internet] Um linfoma menos traumático [cited – 2013 aug 29] Avaiable from: https:// www.cancer.org.br/um-linfoma-menos-traumatico/

5. Oncoguia [internet] 2018. Sinais e sintomas do Linfoma de Hodgkin. Disponível em: http://www.oncoguia. org.br/conteudo/sinais-e-sintomas-do-linfoma-de-hodgkin/1473/322/ 6. Oncoguia [internet] 2018. Tratamentos do Linfoma de Hodgkin. Disponível em:http://www.oncoguia.org. br/conteudo/tratamentos/1105/137/

7. Oncoguia [internet] 2018. Radioterapia para Linfoma de Hodgkin. Disponível em: http://www.oncoguia. org.br/conteudo/radioterapia-para-linfoma-de-hodgkin/1480/323/

8. Oncoguia [internet] 2018. Transplante de células tronco para Linfoma de Hodgkin. Disponível em: http://www.oncoguia.org.br/conteudo/transplante-de-celulas-tronco-para-linfoma-de-hodgkin/7715/323/

9.  Oncoguia [internet] 2018. Tratamento clássico para linfoma de Hodgkin. Disponível em: http://www. oncoguia.org.br/conteudo/tratamento-classico-para-linfoma-de-hodgkin/7717/323/

 

SOBRE A TAKEDA ONCOLOGY

Aspirando à cura do câncer, a Takeda Oncology pesquisa e desenvolve terapias inovadoras a fim de melhorar a qualidade de vida dos pacientes. A área foi criada a partir da aquisição da Millennium Pharmaceuticals em 2008 e consolidada em 2014. Em 2017, foi concluída a aquisição da ARIAD Pharmaceuticals com o intuito de ampliar o portfólio oncológico global em tumores sólidos e fármacos hematológicos. A Takeda Oncology iniciou as atividades no Brasil em 2015, com o lançamento de Adcetris® (brentuximabe vedotina). Também foi aprovado pela ANVISA em fevereiro de 2018 o registro do medicamento Ninlaro® (ixazomibe).

 

A busca por soluções inovadoras no combate ao câncer e medicamentos inovadores, por meio da ciência, inovação e paixão, é uma premissa da companhia. Para mais informações sobre a Takeda Oncology, consulte o site: http://www.takedaoncology.com/

 

SOBRE A TAKEDA

Sediada em Osaka, Japão, a Takeda é uma companhia farmacêutica global que investe em pesquisa e inovação para comercializar mais de 700 produtos em 70 países, sendo especialmente forte na Ásia, América do Norte, Europa e Mercados Emergentes, incluindo América Latina, Rússia-CIS e China. Fundada há mais de 230 anos é hoje uma das 15 maiores farmacêuticas do mundo e a número 1 no Japão. Com a integração da Millennium Pharmaceuticals e da Nycomed, a Takeda ampliou a atuação em diferentes áreas terapêuticas. No Brasil, a Takeda possui uma fábrica em Jaguariúna (SP) com mais de 500 colaboradores.

Foto: EBC

Começa nesta quinta-feira (13), as atividades alusivas aos Festejos Farroupilhas 2018. A partir das 19h, uma Missa Crioula irá receber o Grupo Santanense de Cavalgadas e a centelha da Chama Crioula, trazida da cidade de Iraí. Promovida pela Prefeitura Municipal, a Missa será realizada na Chácara da Prefeitura.

No dia 14, inicia oficialmente a Semana Farroupilha no município, com atividades no Galpão montado na Praça General Osório. Às 9h, acontece a tradicional Chegada e Distribuição da Chama para as entidades tradicionalistas do município. A partir das 14h, o Galpão será aberto à visitação da comunidade.

Até o dia 19, representantes das entidades tradicionalistas se revezam na Casereada da Chama, no Galpão montado na Praça, onde diversas atividades serão promovidas. A Semana Farroupilha 2018 encerra no dia 20 com o grande desfile na Rua dos Andradas.

A promoção das atividades fica a cargo da Comissão Organizadora dos Festejos, integrada por representantes do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Prefeitura Municipal, Brigada Militar e 19ª Coordenadoria Regional de Educação.

 

Entre tantos destaques e números positivos na temporada colorada, um é o exemplo ideal da união entre torcida, grupo de jogadores, comissão técnica e direção: a força do Gigante. Além da presença maciça dos colorados em todas as partidas, os resultados obtidos no gramado são excelentes em 2018. Dentro de todos os clubes da Série A, o Inter é o que tem o melhor aproveitamento em seus domínios.

Ao todo, na temporada, foram disputadas 21 partidas no Beira-Rio, contando Campeonato Gaúcho, Copa do Brasil e Brasileirão. O Colorado venceu 16 confrontos, empatou quatro e saiu derrotado em somente uma oportunidade. Assim, o aproveitamento como mandante é de 82,5%, marca expressiva, a melhor do país neste ano e que demonstra a importância da torcida para o Clube.

Líder do Campeonato Brasileiro 2018, o Clube do Povo está invicto no Beira-Rio, tendo o melhor aproveitamento da competição acompanhado do São Paulo. Em doze rodadas, O Inter venceu nove e empatou três. Nos últimos dois confrontos decisivos no Gigante, o time comandado por Odair Hellmann venceu Flamengo e Grêmio. A defesa, um dos pilares colorados na ótima campanha, sofreu apenas três gols nos doze jogos, média de um gol a cada quatro partidas.

E o público vem comparecendo em grande número para apoiar a equipe. Contra o Paraná na rodada que encerrou o primeiro turno, o recorde de público do novo Beira-Rio foi batido, tendo uma ocupação de 45 mil torcedores. Nos últimos quatro jogos dentro de casa, a média de torcedores chega a mais de 41 mil expectadores. No Brasileirão, contabilizando apenas pagantes*, o Inter está em quinto lugar entre os 20 clubes.

Ainda restam mais sete decisões em casa pelo Campeonato Nacional: Vitória, São Paulo, Santos, Atlético-PR, América-MG, Atlético-MG e Fluminense. O apoio de todos colorados e coloradas será fundamental para alcançarmos nosso objetivo. Vamo, Inter!

Fonte: www.internacional.com.br

Servidores inativos e pensionistas do Sistema de Previdência Municipal (SISPREM) têm até o dia 09 de novembro para realizar o recadastramento junto a Autarquia. Os cadastros devem ser atualizados na sede do SISPREM – Rua Duque de Caxias, nº 1634 – das 8h às 13h, mediante apresentação de documentos para Declaração de Vida.

Mais informações podem ser obtidas no SISPREM, ou pelos telefones (55) 3242-1966 e (55) 3241-5074.

Confira a documentação necessária no site da Autarquia: http://www.sisprem.santanadolivramento.rs.gov.br/

A PRF prendeu um homem com mandado de prisão na manhã da última sexta-feira (7), na BR 158 em Santana do Livramento.

Durante atividades de fiscalização, os policiais abordaram uma motocicleta que transitava pela BR 158, próximo ao Porto Seco, e, ao verificar a situação do veículo, constataram que ele estava com o licenciamento vencido.

Os policiais solicitaram, então, a documentação do condutor. O homem disse que não portava nenhum documento e, inicialmente, informou o nome de outra pessoa.

No entanto, os policiais descobriram através dos sistemas a verdadeira identidade do motorista e também constataram que ele possuía um mandado de prisão por porte ilegal de arma de fogo.

Com o homem de 32 anos natural de Pelotas foi encontrada, ainda, uma pequena porção de maconha. Além do mandado de prisão, ele responde, também, por crimes de homicídio, furto e roubo a estabelecimento comercial.

O homem foi preso e encaminhado à polícia judiciária local. O veículo foi removido ao depósito credenciado por não estar devidamente licenciado.

Fonte: PRF

Página 8 de 299
Topo