Gisnei

Gisnei

Com foco voltado para prospecção de fornecedores para a área de mobilidade urbana, logística e transporte, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect), com os programas Mult e Desenvolve RS,  em parceria com o Sebrae – RS e Fiergs, promove na próxima semana em Porto Alegre, a Rodada de Negócios – Mobilidade Urbana, Logística e Transporte.  Estão sendo convidados para participar do evento os segmentos do setor automotivo; metalmecânico; IOT - Internet das Coisas ; Indústria 4.0; Logística e Mobilidade Urbana. 

Entre as empresas compradoras que já confirmaram presença estão a Marcopolo, Randon e GEFCO Logística do Brasil Ltda, Mahindra do Brasil, Nexteer Automotive, Valeo Sistemas automotivos Ltda. e Ceva Logistics.  Empresas interessadas em apresentar seus  produtos podem se inscrever até as 23h59 desta quarta-feira (5), pelo endereço  eletrônico. O evento está marcado para o próximo dia 13 (quinta-feira) a partir das 9h da manhã e vai ocorrer na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), sala D2 ( 209 e 210).
 
Desenvolve RS
Este programa pretende ser um agente facilitador e fomentador para que empresas locais possam atuar , suprindo as necessidades de ampliações ou novos investimentos no estado. As ações do Desenvolve RS são implementadas  em parceria com as seguintes entidades que integram o Comitê: Abinee, Abimaq, Fiergs, RS Óleo, Gás & Energia, Sebrae-RS e Sinduscom.
 
MULT – INOVAÇÃO EM MOBILIDADE URBANA, LOGÍSTICA E TRANSPORTE
Sua função é fomentar a implementação de novas tecnologias na área da mobilidade e preparar a cadeia automotiva do RS para novos desafios globais. As ações do programa MULT são supervisionadas por um Comitê  composto por órgão  e entidades  - Sdect, ST, SOP/Metroplan, Badesul, BRDE, Ufrgs, PUC e UCS – e está aberto a novos integrantes. O programa conta ainda como uma Secretaria Executiva coordenada pela Sdect.  

Texto: Ascom Sdect
Edição: Léa Aragón/ Secom

O Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos do Rio Grande do Sul (Cira-RS), formado pelo Ministério Público (MP), Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e Receita Estadual (RE), cumpre, nesta terça-feira (4), sete mandados de busca e apreensão com o objetivo de buscar o ressarcimento de aproximadamente R$ 20 milhões de ICMS fraudados do Fisco Gaúcho. Os mandados são cumpridos em uma indústria e varejos de vestuário em Tubarão (Santa Catarina) e Farroupilha (RS), bem como em duas residências em Tubarão e uma em Laguna.

Operação Textilhaus

A Operação Textilhaus (casa têxtil, em alemão) iniciou a partir de investigação fiscal realizada pela Receita Estadual do RS contra um grupo familiar responsável por uma rede varejista de confecções inicialmente com base em Farroupilha, que depois migrou parte das operações para Tubarão, em Santa Catarina. Hoje, são 22 estabelecimentos varejistas no RS e em SC.

No início desta década, eles deviam um montante superior a R$ 5 milhões, fruto de diversas autuações realizadas pelo Fisco Gaúcho, devido a irregularidades envolvendo devoluções fraudulentas de mercadorias. Apesar do parcelamento das dívidas, não foi dada a continuidade aos pagamentos, e após mais de 30 ações de execução fiscal ajuizadas pela PGE com indisponibilidade de recebíveis e penhora de bens, migraram a gestão das atividades da empresa para SC.

Mesmo assim, conforme apurado pela Receita Estadual RS, as práticas de sonegação fiscal continuaram adotando-se primeiramente a postura de devedor contumaz (declara o imposto, porém não o paga), seguida do comportamento atual de omissão total das operações das lojas do grupo no Rio Grande do Sul.

Pelo MP, participam da operação dois promotores de Justiça, além de integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Pela Receita Estadual, participam seis auditores-discais, e uma procuradora pela PGE. A Brigada Militar apoia o cumprimento dos mandados, expedidos pela Justiça de Farroupilha.

O cumprimento dos mandados no estado vizinho conta também com a participação do Cira-SC, que disponibilizou dez auditores-fiscais para a realização dos trabalhos. Ações administrativas e judiciais decorrentes desta fraude serão analisadas após concluídas as apreensões.

Empresas fantasmas e blindagem patrimonial

Para evitar a descapitalização e seguir em atividade, o grupo familiar possui oito empresas inscritas em nome de familiares e laranjas e pratica blindagem patrimonial, para não pagar os valores fraudados. Com o claro intuito de frustrar as ações de execução fiscal, o dinheiro das compras realizadas com cartão de crédito ou débito é lavado por meio de uma empresa de cobrança extrajudicial com sede em Santa Catarina. O prejuízo é estimado, até o momento da deflagração da Operação, em mais de R$ 20 milhões, conforme demonstrado pelo diagrama abaixo:

diagrama2
Diagrama da fraude fiscal estruturada - Foto: Cira-RS

A intenção das buscas e apreensões judiciais é mapear a totalidade das atividades do grupo familiar para identificar e quantificar toda dimensão da fraude fiscal estruturada detectada, bem como levantar todos os bens blindados que possam servir como garantia para o pagamento das dívidas tributárias ao final do processo penal, através da vinculação às execuções fiscais ajuizadas.

Texto: Equipe CIRA/RS
Edição: André Malinoski/Secom

Na última quinta-feira (27), a Secretária de Turismo, Silvana Harden, participou da reunião do CODITUR FAMURS realizada na Casa da Famurs, durante a 41ª Expointer no Parque Assis Brasil em Esteio/RS, onde foram abordadas as seguintes pautas:
- Grupo Técnico de Turismo Rural: apresentação das ações e do trabalho realizado - Hot Site do Turismo Rural Gaúcho;
- Emenda Impositiva de Bancada para Governança das Regiões Turísticas do Estado- R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais)- Estratégia e Plano de Trabalho;
- 1º Fórum Estadual dos Gestores e Dirigentes do Turismo do RS- Abril de 2019;
- Qualificação da gestão pública em turismo- Cursos da EGP FAMURS;
- Apresentação do Projeto Mundo Gaúcho;
- Planejamento do CODITUR para 2018/2019 - Seminários Regionais Governança, Cultura e Turismo: Desafio dos Gaúchos;
- 1ª Noite de Sant’Ana do Livramento, com apresentação de eventos e degustação de Produtos de Santana do Livramento.
Na oportunidade, a Secretária de Turismo visitou os estandes de cada artesão santanense que expôs seu trabalho na Feira. O grupo agradeceu o incentivo e apoio fornecido pela Prefeitura Municipal junto à Secretaria de Turismo.

Para realizar a abertura da 1ª Noite de Sant’Ana do Livramento, Silvana explanou o potencial turístico de nossa cidade, apresentando os produtos que Livramento dispõe através dos artesãos que participaram da Feira. Durante o discurso, a Secretária enfatizou a valorização da integração junto ao país vizinho, Uruguai, que através do Parque Internacional determina a união fronteiriça e a realização de eventos binacionais, como por exemplo: o Festival de Enogastronomia; o Choriceva; a Semana Farroupilha, que neste ano alguns CTGs oferecerão almoço aos turistas sendo o cardápio a culinária típica gaúcha, havendo também o acompanhamento de uma agência de Turismo para apresentar-lhes além da gastronomia, a nossa cultura.

Silvana finalizou falando sobre a Rota Turística Ferradura dos Vinhedos que é um local na região da campanha, próximo ao Cerro de Palomas, em que o turista percorre admirando as lindas paisagens, podendo usufruir de um passeio a cavalo e degustar produtos artesanais; a inauguração do Parque de Águas Termais que será no próximo ano; e ainda enfatizou sobre a conscientização do povo santanense de que Livramento é uma cidade turística e melhora cada vez mais através dos programas desenvolvidos pela Secretaria: “Turismo nas Escolas” e “Embeleze Livramento”.

FOTOS: FERNANDA ESPÍNDOLA/ASCOM

Num dia como hoje, há 29 anos, o Grêmio conquistava o seu primeiro título de Copa do Brasil ao vencer o Sport Recife, no Estádio Olímpico, pelo placar de 2 a 1.
Maior vencedor desta competição, com cinco troféus ao lado do Cruzeiro, o Grêmio foi o pioneiro em ver, na Copa do Brasil, o caminho mais curto para disputar a Libertadores. Sendo assim, naquele ano, voltou suas atenções para esta disputa e, depois de deixar pelo caminho Ibiraçu, Misto, Bahia e Flamengo, chegou à grande decisão contra o rubro-negro nordestino. No primeiro jogo, na Ilha do Retiro, empate em 0 a 0. No jogo de volta, no Olímpico lotado, o Tricolor saiu na frente com gol de Assis, logo aos 9 minutos. Porém, aos 31, os visitantes empataram numa falha do goleiro Mazarópi, que saiu para rebater uma cobrança de escanteio, mas mandou a bola pra dentro do seu próprio gol. Com o regulamento do gol qualificado, o 1 a 1 dava o título ao Sport. Na etapa final, o Grêmio partiu pra cima e chegou ao segundo gol aos 7 minutos. Cuca, recebeu na área após jogada de Luis Eduardo e chutou forte, na saída do goleiro Rafael. Grêmio 2 a 1! A equipe comandada pelo técnico Cláudio Duarte garantiu o resultado até o final e comemorou o título.
Parabéns, gremista, por essa conquista, há 29 anos!

Foto: Museu do Grêmio 

Na manhã de sexta-feira, o Grêmio realizou o último treinamento antes de enfrentar o Botafogo, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018. A pedido da comissão técnica, a primeira parte da atividade foi fechada para a imprensa. Quando o treinamento foi aberto, o que se viu foi o já tradicional rachão, que geralmente encerra a semana de atividades antes dos jogos.

À exceção do zagueiro Pedro Geromel e do lateral Léo Moura, todos os atletas estiveram à disposição do técnico Renato Portaluppi nesta manhã, o que aumenta o mistério para qual serão os onze iniciais do treinador na tarde deste sábado. Em caso da confirmação da ausência dos dois, o técnico Renato pode escalar Leonardo Gomes na lateral. Para a vaga de Geromel, o treinador tem as opções de Paulo Miranda e Bressan, que atuaram juntos na última partida válida pelo Brasileirão contra o Atlético-PR, em Curitiba. 

O volante Jailson, que teve sua venda confirmada na manhã desta sexta-feira, despediu-se de seus companheiros de time após o treinamento de ontem. Com a saída do atleta, os meias Cícero, Thaciano, Michel, Jean Pyerre e Matheus Henrique disputam uma vaga no meio-campo Tricolor.

Após a atividade, o atacante Jael concedeu entrevista coletiva e falou sobre a saída do volante. "Perdemos jogadores de qualidade nos últimos tempos. Perdemos o Pedro Rocha, mas tínhamos o Fernandinho, perdemos o Fernandinho e o Everton entrou em um novo patamar. Eu tenho certeza de que o Renato encontrará uma solução. Quem o Renato colocar será uma boa escolha e o grupo vai abraçar", disse o centroavante.

Neste sábado, o Grêmio enfrenta o Botafogo, na Arena. Com uma vitória, o Grêmio assume a 4ª posição na tabela e aguarda o resultado da partida entre Chapecoense e Palmeiras. O alvi-verde paulista é o único que pode ultrapassar o Grêmio na tabela de classificação na rodada.

Fotos: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A facilidade trazida pelo Sistema de Licenciamento Online (SOL), da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), inspirou mais uma inovação para agilizar a vida de empreendedores no Rio Grande do Sul. Nesta sexta-feira (31), foi lançado o Cadastro Florestal Unificado na programação da 41ª Expointer, em Esteio. A ferramenta permitirá que os empreendedores efetuem o registro de produtor florestal de forma mais rápida e ágil.

O sistema, integrado ao SOL, tem compartilhamento de dados da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi). A unificação do cadastro era aguardada com grande expectativa pelo setor florestal desde a publicação da lei sobre a Política Agrícola Estadual para Florestas Plantadas e seus Produtos, em dezembro de 2016.

A novidade também servirá de subsídio para o planejamento de toda a cadeia florestal, beneficiando cerca de 30 mil pessoas no Rio Grande do Sul. Nela, estará identificado o cadastro do usuário, a localização e a dimensão de onde a silvicultura está presente, além das espécies plantadas, como eucalipto, pinus e acácia negra.

Uma base cadastral atualizada e segura dará à Fundação de Proteção Ambiental (Fepam) melhores condições de visualizar e contextualizar o mapa indicativo das regiões em que a atividade ocorre, o que se somará às informações já consolidadas no sistema de licenciamento ambiental.

"O setor público tem que se esforçar para não atrapalhar o privado, e nós temos que ajudar. Minimizamos a burocracia para facilitar os processos ao setor produtivo. O importante é os empreendedores estarem em situação regular em tempo ágil. O sistema estará disponível 24 horas para quem quiser consultar de forma simples", afirma a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini.

Segundo ela, o Ministério do Meio Ambiente está produzindo um relatório com as áreas prioritárias de conservação do Bioma Pampa. O objetivo é aprimorar o sistema e elaborar mais políticas públicas que beneficiem o setor sem prejudicar o meio ambiente, a exemplo das políticas das Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs).

"No momento em que se tem no celular aquilo que é o resultado de decisões, e simplificarmos as ações, não podemos mais voltar atrás e dificultar. Vamos trabalhar juntos com o setor com a mesma agilidade", ressalta o secretário da Agricultura, Odacir Klein.

Primeiro certificado

Durante o evento, foi entregue o primeiro certificado florestal gerado pelo cadastro. Para Ana Pellini, a medida é um exemplo de que a união dos órgãos públicos desburocratiza em benefício do cidadão.

"O nosso setor muitas vezes quer que os processos ocorram mais rápido, mas chegamos agora a um passo prático. É muito importante para o estado trazer novos investimentos. Somos um dos setores agrícolas que mais preserva. Por isso, é fácil fazer essa construção com as secretarias estaduais", reitera o diretor executivo da Associação Gaúcha de Empresas Florestais (Ageflor), Jorge Antônio Heineck.

Acompanharam o lançamento a secretária do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori; o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcísio Minetto; representantes de entidades e técnicos das secretarias.

Texto: Letícia Bonato, com informações da Sema
Edição: Gonçalo Valduga/Secom/ Foto: Josué Lusa/Secom

O Comando Geral da Brigada Militar, o Departamento de Ensino e a Academia de Polícia Militar apresentaram, na manhã desta sexta-feira (31), os 405 alunos-oficiais que concluíram o Curso de Habilitação para Policiais Militares Temporários 2018. Eles serão enviados nas próximas semanas para reforçar o policiamento em 71 municípios do Rio Grande do Sul, assumindo funções administrativas e de guarda externa de presídios. A solenidade ocorreu no Ginásio Gigantinho na presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, e do comandante-geral da Corporação, coronel Mario Yukio Ikeda. 
 
O curso de capacitação, que reuniu alunos oriundos das Forças Armadas de todo o Estado, teve início em julho de 2018, com 400 horas-aula e englobando conhecimentos específicos da atividade policial militar temporário, disciplinas de ética e cidadania, doutrina policial, policiamento de guarda e comunicação operacional, noções de segurança no trabalho policial, entre outras.
 
Conforme o secretário Cezar Schirmer, "os PMs temporários que hoje se formam serão extremamente importantes, na medida em que permitirão o retorno de 405 praças às ruas".
 
De acordo com o comandante-geral da BM, coronel Mário Yukio, os policiais temporários serão distribuídos entre guarda externa de estabelecimento em casas prisionais em todo o estado, principalmente nas principais cidades e para atuar no videomonitoramento. “O brigadiano liberado da casa prisional vai atuar na segurança daquele município onde já estava trabalhando na guarda externa do presídio”.
 
O videomonitoramento, segundo o coronel Ikeda, por ora será em Porto Alegre. Ele destacou que está em andamento a implantação de  centros regionais integrados em todo o Rio Grande do Sul e estes PMs temporários serão colocados nestas centrais. “Hoje nós temos já a central de Porto Alegre e estamos trabalhando no estabelecimento e na operação das demais centrais de videomonitoramento e centros integrados de operações. Serão mais de 20 centrais regionais em todo o estado”, esclareceu.
 
Prestigiaram o evento, o subcomandante-geral da BM, coronel Eduardo Biacchi Rodrigues; o chefe do Estado-Maior da Corporção, coronel Júlio César Rocha Lopes; Mauri Silva,  representando o Sport Clube Internacional; o capelão honorífico da BM, padre Alexandre Chaves, demais autoridades civis e militares, e familiares dos formandos.

Texto: Clelia Admar / Ascom BM
Edição: Léa Aragón/Secom
Foto: Rafael Silva/ BM

Não é incomum estar cercado por contas ao chegar no final do mês. Entretanto, nem sempre temos dinheiro para pagá-las, e acabamos nos endividando.

Isto pode acontecer por diversos motivos, e um deles é quando gastamos indiscriminadamente com itens ou serviços que não eram a prioridade do momento. Quando estas situações se tornam frequentes, podem demonstrar problemas em esferas mais profundas do que a financeira.

Se, no seu caso, a falta de dinheiro é causada pela gastança com coisas supérfluas, é possível reverter este quadro olhando para dentro de si.

Encare o problema

Ao perceber que sua renda nunca é o suficiente na hora de pagar as contas, o primeiro passo é aceitar que existe um problema. Em alguns casos, a questão pode ser solucionada através da organização.

Quando não priorizamos nossos gastos, é muito mais fácil encontrar-se sufocado pelas dívidas. Segundo a psicóloga e coach Angélica Guidoni, as necessidades básicas devem estar sempre em primeiro lugar. Portanto, alimentação, moradia e saúde devem ser nossa principal preocupação. Os prazeres são essenciais, porém, devem ser despriorizados para que garantamos a estabilidade de nossas rotinas.

Entretanto, para quem possui problemas com o consumismo compulsivo, o primeiro passo é buscar auxílio profissional.

Como perceber que tenho problemas de consumo compulsivo

De acordo com Angélica Guidoni, pessoas excessivamente consumistas tendem a perceber que estão com um problema a partir do momento em que o meio externo começa a ser prejudicado. Esta não é uma revelação de fácil digestão, e é necessário procurar o suporte de amigos e familiares, para que você não se sinta desamparado.

A especialista explica que a emoção faz com que não tenhamos consciência de atitudes nocivas à nossa estabilidade financeira. Porém, ao perceber que os aspectos que mais amamos em nossas vidas estão se desequilibrando por conta de nosso comportamento, despertar para o problema se torna mais fácil.

É nesse instante que o autoconhecimento se torna uma ferramenta valiosa. Quando conhecemos nossos principais valores e motivações, podemos identificar o que está em desarmonia dentro de nós mesmos. "A gota d?água que nos motiva a mudar uma situação representa o aspecto mais importante de nossas vidas, podendo ser a saúde ou nossa tranquilidade, por exemplo", diz a especialista.

Para a psicóloga Wanessa Moreira, a necessidade da compra vem para preencher um vazio, provocado por um sentimento que não está sendo cuidado. Através do consumo, podemos preencher o abandono, a carência ou um medo. "Observar o sentimento que você tem no momento da compra e no dia seguinte, é um bom caminho para começar a investigar este processo e sair dessa rota de compulsão", explica a especialista.

O que muda em nossas vidas quando aprendemos a gastar

Para Angélica, ao reorganizar e repriorizar os gastos, nos tornamos livres para ter bons momentos. "Quanto mais nos estressamos com o dinheiro, menos tempo temos para fazer as coisas que amamos", explica a psicóloga.

Ao ter nossas contas em dia, adquirimos uma maior autonomia para não nos preocuparmos apenas com questões de subsistência. A autoestima também sofre um impacto positivo, pois nos sentimos úteis e produtivos quando estamos com tudo pago.

Passo a passo para reorganizar seus gastos

Quando conhece melhor a si mesmo e é capaz de enfrentar o problema, você pode seguir algumas dicas para ter uma maior tranquilidade no final de cada mês. Veja a seguir:

1. Organize-se

Reserve um dia da semana para que você possa checar todos seus extratos e contas, analisando seus gastos. Priorize o que é essencial, e guarde uma quantia fixa para as despesas básicas.

Para quem tem a renda variável, a última orientação é ainda mais importante. É necessário criar uma média de quanto gastamos mensalmente e também criar uma reserva econômica para casos de emergência, como uma situação de desemprego.

2. Faça um diário

Para Wanessa, é importante que você anote todos os seus gastos. Ter a consciência do seu caixa financeiro é um grande passo. E além de registrar suas despesas, é aconselhável que você escreva sobre os seus sentimentos no momento da compra.

Analise as emoções que você sentia em dias de gasto excessivo, como por exemplo, pelo que você havia passado em um dia que gastou de maneira indiscriminada em uma loja de roupas. Pode ser que você note um padrão.

3. Busque rendas extras

Em casos de endividamento extremo, é necessário buscar outras formas de renda. Pense em suas qualidades e competências, e use-as a seu favor.

4. Tenha paciência

É importante ter em mente que um rombo no orçamento não aconteceu de um dia para o outro, portanto, a recuperação financeira também não será imediata.

5. Crie metas próprias

É importante que você crie metas de gasto que sejam compatíveis com seus objetivos. "A vida precisa ser tomada com a própria mão, portanto, as metas devem ser criadas pela própria pessoa", explica Angélica. Encare sua reorganização financeira como um reposicionamento de vida.

Para Wanessa, perguntas como "Qual minha prioridade no momento?" e "O que eu quero para a minha vida hoje?", podem ser um norte no momento de readaptar e redirecionar o dinheiro.

6. Armazene seu dinheiro em um local seguro

Guardar o dinheiro em uma poupança pode trazer grandes benefícios, já que a economia se torna menos palpável. Além disso, a possibilidade de investir e gerar um maior capital para nós mesmos nos faz não querer gastar desnecessariamente. Quanto mais economizar, maiores serão nossos ganhos futuramente.

Fonte: www.minhavida.com.b r

A Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), por meio do Departamento de Monitoramento de Resultados (DMR), monitorou nesta terça-feira (28), na Sala de Governança, os projetos prioritários, indicadores, entregáveis e os compromissos de eficiência de gestão da Secretaria da Fazenda (Sefaz) e da Procergs.
 
Da Sefaz, foi verificado os projeto prioritário que versa sobre a modernização da receita estadual, que pretende implantar o Big Data para qualificar a infraestrutura e aperfeiçoar os processos com maior potencial de ingresso de receita. Além disso, também foram analisados os projetos portal de saúde do servidor; CAGE Gerencial (Central de Análise para Gestores) e o E-social; e o Facilita RS, da Procergs.
 
Referentes aos indicadores, foram monitorados os que tratam dos valores recebidos de operações de crédito; da economia global acumulada do Programa de Qualidade do Gasto; da arrecadação do ICMS; da constituição de créditos tributários; da cobrança de créditos; e da utilização do Sistema de Custos na administração pública do Estado.
 
No que tange a Procergs, os indicadores acompanhados neste ciclo referem-se ao percentual de redução de despesas operacionais e administrativas, das transações por força de trabalho e sobre a taxa de satisfação do mercado governo.
 
A reunião foi coordenada pelo secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Josué Barbosa, e contou com a participação dos coordenadores e assessores de gestão, gerentes de projetos e demais diretores, gerentes e assessores de gestão da SPGG.
 
Texto: Gustavo Rech Ascom/SPGG
Edição: Léa Aragón/ Secom 
Foto: Gustavo Rech Ascom/SPGG

A noite desta terça-feira foi de Copa Libertadores da América. Na raça, na garra e com muita emoção, o Grêmio venceu o Estudiantes, no segundo jogo das oitavas de final da competição. No tempo regulamentar, superou por 2 a 1, resultado que levou o jogo para os pênaltis. Neles, venceu por 5 a 3.

O Tricolor começou pressionando a equipe argentina, tanto que aos 5 minutos de bola rolando, a Arena foi a loucura quando Everton, com qualidade, abriu o marcador ao encobrir o goleiro Andújar. Mas infelizmente os argentinos responderam rapidamente, aos 8', com Lucas Rodríguez, que empatou a partida. Durante a etapa inicial, os gremistas seguiram superiores, mas pararam na defesa adversária.

No intervalo, Renato promoveu sua primeira alteração, dando mais ofensividade ao time. Tirou Ramiro para colocar Alisson. O ritmo seguiu o mesmo, com o Grêmio se impondo na partida, mas o time argentino estava bem organizado defensivamente. Jael chegou a colocar uma bola na trave, que não entrou por detalhe.

As demais substituições foram feitas no decorrer do segundo tempo, com André e Pepê, ocupando os lugares de Léo Moura e Jailson.

Nos últimos minutos, quando só os gremistas ainda acreditavam, que nasceu o gol da virada, o qual levou a partida para os pênaltis. Aos 46', Luan cobrou uma falta na cabeça de Alisson, que desviou para o gol. A bola bateu no travessão e morreu no fundo das redes.

Nas cobranças, o Grêmio venceu o Estudiantes por 5 a 3.

Com o resultado, o Tricolor segue para a próxima fase da Copa Libertadores da América e enfrenta o Atlético Tucumán.

Primeiro Tempo

O Grêmio já chegou bem nos primeiros segundos, com Léo Moura fazendo um bom lançamento na esquerda para Cortez, mas ao cruzar, o lateral mandou na marcação. Outra oportunidade criada pelo Tricolor surgiu aos 3 minutos, em uma cobrança de falta da esquerda. Luan colocou na área, mas Andújar saiu do gol para fazer a defesa.

O Estudiantes buscou responder logo em seguida com Facundo, que da intermediária, mandou direto a meta gremista, mas para fora, sem nenhum perigo.

Aos 5 minutos de bola rolando, a Arena foi a loucura quando Everton, com qualidade, abriu o marcador. A jogada iniciou com Maicon, que deu um passe para Jael. O centroavante, com muita técnica lançou Everton, que dentro da área recebeu e encobriu Andújar.

Mas os argentinos responderam na sequência, aos 8'. Depois de uma sequência de falhas da defesa tricolor, Lucas Rodríguez avançou com a bola e chutou cruzado. Marcelo Grohe ainda tocou nela, mas não conseguiu deslocar suficiente.

O Grêmio trabalhou novamente pela esquerda, com Everton recebendo passe e tentando o cruzamento na área, mas a defesa conseguiu o corte. No lance seguinte, uma falta para os gremistas da extrema esquerda. Luan colocou no primeiro poste, houve o desvio e a defensiva conseguiu o corte.

Aos 19', Everton recebeu na direita, foi a linha de fundo e deslocou a marcação, finalizando, mas o arqueiro argentino segurou firme o chute do atacante.

Já com 25', Everton foi acionado por Cortez na esquerda, saiu em velocidade, foi a linha de fundo e tentou o cruzamento, mas a zaga cortou. A bola voltou ao atacante, que dominou, puxou pro meio e arriscou, mas mandou por sobre a meta.

Outra chance surgiu após um bom trabalho de troca de passes. A bola chegou a Luan, que da intermediária direita cruzou na área, mas Andújar fez a defesa.

Aos 28', o Grêmio teve uma falta frontal a seu favor, em que Jael cobrou na barreira. A bola voltou para o centroavante, que serviu Maicon. O capitão chutou, a bola bateu na zaga e saiu a linha de fundo. Em seguida, Ramiro deu um passe para Luan; o camisa 7 fez o cruzamento, mas a defesa argentina, mais uma vez, cortou.

Outra grande jogada gremista nasceu com Léo Moura, que foi cortando em velocidade da direita para o meio, avistou Cortez e fez o cruzamento. O lateral recebeu, mas carimbou a marcação, conseguindo escanteio. Luan colocou no primeiro poste, Andújar subiu e ficou com a bola.

Pela meia direita, o Grêmio fez uma jogada ensaiada. Maicon levantou no segundo poste, Geromel desviou para dentro da área e Kannemann tentou o giro com a bola dominada, mas ela saiu a linha de fundo, aos 33 minutos.

Os argentinos tentaram chegar com Erquiaga no minuto seguinte, pela esquerda, mas Marcelo Grohe fez a defesa com tranquilidade.

Com 37 minutos, Léo Moura fez um cruzamento da direita, mas o goleiro fez a defesa, sem rebote.

Em uma nova chance, Maicon deu um passe procurando Ramiro, que de cabeça colocou para o meio da área, mas novamente a zaga adversária ficou com a bola.

Na reta final da partida, aos 41', o Tricolor teve uma nova cobrança de escanteio. Everton colocou no primeiro poste, houve desvio, a bola chegou a Luan, que pegou de primeira, mas Andújar conseguiu salvar.

Jogo finalizou aos 46'.

 

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a seguinte alteração: entrou Alisson, saiu Ramiro.

Já em sua primeira chegada ao ataque, o Tricolor sofreu uma falta na intermediária, pela esquerda. A bola foi colocada em curva, mas a defesa cortou. Os argentinos também tiveram chance com falta na sequência. A bola foi colocada no primeiro poste, Sánchez desviou  e Grohe defendeu.

Aos 6', Jailson e Alisson tabelaram na entrada da área, a bola sobrou a Jael, que não conseguiu a sequência na jogada.

Com perigo, o Tricolor chegou com uma bola alçada na área, Jael desviou de cabeça, mas Andújar conseguiu segurar. Em seguida, Léo Moura, da direita, cruzou na marca penal, mas Everton e Luan não se entenderam e a defesa cortou.

Aos 9', Jael recebeu um cruzamento do lateral direito, tentou a finalização de primeira, de bicicleta, mas estava bem marcado. De longa distância, o centroavante aproveitou uma falha da defesa, passou por dois marcadores e chutou, mas mandou por sobre a meta adversária.

Depois de uma cobrança lateral, de pé em pé, a bola chegou a Jailson, que do meio arriscou, mandando no ângulo de Andújar, mas o arqueiro defendeu, espalmando a escanteio. Na cobrança, a bola foi alçada na área, mas mais uma vez o goleiro segurou, com 12 minutos.

Outra cobrança de falta foi feita com perigo por Jael, que mandou uma bomba, a bola desviou e passou raspando a trave da meta de Andújar.

O Grêmio chegava pela direita com Alisson, quando Campi cometeu falta forte sobre o atacante. Na cobrança, há dois passos da grande área, o atacante colocou no primeiro poste, mas a zaga cortou. Na sobra, Maicon alçou na área novamente, mas a bola sobrou para o goleiro argentino, aos 21'.

Depois de uma troca de passes pela esquerda, a bola foi invertida e chegou a Alisson, que invadiu a área e chutou, mas zaga cortou.

Substituição: Saiu Léo Moura, entrou André, aos 24 minutos.

Com 27', a melhor chance gremista na etapa. Alisson fez uma jogada pela direita e cruzou na área para Jael, que recebeu, dominou e finalizou. A bola desviou e bateu na trave, saindo a escanteio.

Em uma tabela muito bem feita, a bola sobrou para Luan, que chutou, mas bateu fraco, facilitando a defesa de Andújar.

Substituição: Saiu Jailson, entrou Pepê, aos 33 minutos.

Pepê recebeu um baita lançamento de Everton na direita e cruzou, mas a zaga cortou a escanteio. Na cobrança, a bola foi colocada na área e Geromel mandou de cabeça. Em cima da linha, a defesa conseguiu interceptar a jogada.

Já na reta final da partida, Jael sofreu uma falta na intermediária, próximo a meia-lua da grande área. Na cobrança, aos 42', Jael chutou rasteiro, desviou e saiu a linha de fundo. Tiro de meta.

O Grêmio pressionou muito nos minutos finais, mas não conseguiu ser efetivo. Luan ainda arrematou da entrada da área, mas mandou muito alto.

Foi nos últimos minutos, quando só os gremistas ainda acreditavam, que nasceu o gol da virada que levou a partida para os pênaltis. Aos 46', Luan cobrou uma falta na cabeça de Alisson, que desviou para o gol. A bola bateu no travessão e morreu no fundo das redes.

Jogo finalizou aos 49'.
 

Pênaltis:

A primeira cobrança foi feita por Maicon, que mandou no ângulo direito de Andújar.

Lucas Rodríguez cobrou para o Estudiantes e deslocou Marcelo, chutando de chapa no canto esquerdo.

Everton converteu a segunda penalidade, no canto direito do arqueiro argentino.

Campi cobrou para os adversários. Canhoto, isolou a cobrança.
A terceira cobrança foi feita por Jael. O centroavante deslocou Andújar e mandou com classe para o canto direito.

O zagueiro Noguera corou para o Estudiantes, marcando.

Alisson, autor do gol, chutou com categoria e mandou no canto direito.

Lugüercio converteu o pênalti, encostando no placar.

André cobrou o quinto pênalti, mandando no canto esquerdo do arqueiro argentino.

Grêmio classificado para as quartas de final da competição.


Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA
 

Página 10 de 299
Topo