Inter é superado na altitude de La Paz

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Clube do Povo estreou com tropeço na Libertadores 2021. Na altitude de La Paz, o Inter foi superado por 2 a 0 pelo Always Ready-BOL, em partida disputada no início da noite desta terça-feira (20/04), válida pela primeira rodada do grupo B.

Pela Libertadores, o Colorado volta a campo na próxima terça-feira (27/04). Às 21h30, o Clube do Povo enfrenta o Deportivo Táchira-VEN, no Beira-Rio, pela segunda rodada do grupo. Antes disso, o Inter recebe, pelo Gauchão, o Esportivo, em partida ainda sem data definida.

Time da casa, habituado ao comportamento da bola na altitude e confortável com o ar rarefeito de La Paz, o Always Ready tratou de pressionar o Inter nos movimentos de abertura da partida. Postado com dois alas, uma dupla de meias-atacantes e outra de atletas de frente, o atual campeão boliviano explorou lançamentos e chutes de longa distância para testar Marcelo Lomba, que bloqueou as investidas rivais e evitou maiores problemas à retaguarda gaúcha.

Superada a casa dos 25 minutos de confronto, o Inter conseguiu diminuir o ímpeto boliviano e controlar maior percentual da posse de bola. Equiparado o volume de jogo, o Clube do Povo também acumulou chegadas perigosas, especialmente em jogadas pelos lados do campo. Nenhuma, contudo, suficiente para alterar o placar, que seguiu zerado até o intervalo.

O Inter retornou do vestiário com trocas, mas que pouco tiveram tempo para provar sua justificativa. Logo aos sete, Saucedo, explorando os efeitos da altitude, acertou forte chute no ângulo da meta colorada e abriu o placar. Em desvantagem, o Clube do Povo adotou postura bastante ofensiva, chegou próximo do empate, em bonito chute de Yuri no travessão, mas acabou sofrendo contra-ataque letal no último instante.

Ficha técnica:

Always Ready-BOL (2): Carlos Lampe; Vander Vieira (Edemir), Cabrera, Cummings e Flores; Machado (Enoumba), Saucedo, Sanguinetti (Mosquera) e Arce (Gallindo); Ovejero (Algarañaz) e Ramallo. Técnico: Omar Asad.

Internacional (0): Marcelo Lomba; Heitor, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés (Rodinei); Rodrigo Dourado, Edenilson (Praxedes) e Mauricio; Caio Vidal (Lucas Ribeiro) (Nonato), Thiago Galhardo e Carlos Palacios (Yuri Alberto). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Gols: Saucedo, aos 7 minutos, e Algarañaz, aos 49 minutos do segundo tempo (A).

Cartões amarelos: Vieira, Algarañaz e Cummings (A). Heitor, Moisés e Mauricio (I).

Arbitragem: Nicolas Gallo, auxiliado por John Leon e Alexander Guzman. Quarto árbitro: Jhon Ospina.

Estádio: Hernando Siles-BOL.

Imagens

Crédito: Ricardo Duarte

Fonte: https://internacional.com.br/

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies