Senadores defendem piso salarial de R$ 7.315 mil para enfermeiros

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) pede que seja incluído, na pauta de votações do Senado Federal, um projeto de lei que eleva o piso salarial dos enfermeiros. O projeto fixa um piso de R$ 7.315 mil para esses profissionais. As demais categorias terão o piso proporcional a esse valor. O projeto propõe 70% do valor para os técnicos de enfermagem, com salário de R$ 5.120 mil, e de 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras, com R$ 3.657 mil. A relatora do projeto, senadora Zenaide Maia (Pros-RN), afirma que é possível fixar este piso salarial aos enfermeiros, pois existe a receita para conceder este aumento. “Se tiver vontade política, nós temos sim de onde tirar esses recursos. A importância da enfermagem é grande, mais a pandemia escancarou e quem está salvando a vida da nossa família em detrimento da dela são eles. Olhe, 54.814 mil profissionais foram contaminados, e 772 foram a óbito. Então, não tem explicação para deixar uma categoria desta sem um piso salarial digno. Está provado que a ciência e a saúde é quem levam o desenvolvimento econômico e social”, enfatiza a parlamentar.  A senadora Zenaide Maia defende que a jornada de trabalho da categoria de enfermeiros não ultrapasse as 30 horas semanais. Se aprovada a proposta, ela deve entrar em vigor no ano seguinte.

Por Luis Ricardo Machado

Rede de Notícias Regional /Brasília

Crédito da foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies