Inter é superado na Venezuela

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Clube do Povo visitou o Deportivo Táchira-VEN, na noite desta terça-feira (11/05), pela quarta rodada do grupo B da Libertadores. No Estádio Pueblo Nuevo, o Colorado saiu na frente, gol de Galhardo, mas sofreu a virada dos locais, vitoriosos por 2 a 1.

Agora, o Inter volta suas atenções para o Gauchão, campeonato pelo qual recebe, no próximo domingo (16/05), às 16h, o Grêmio. A partida abre a final do Estadual. Pela Libertadores, o Colorado visita, na quinta-feira da semana que vem (20/05), o Olimpia. Duelo ocorre a partir das 21h.

Inter com espaços

O Clube do Povo criou boas oportunidades na primeira etapa de partida, especialmente pelo corredor esquerdo de ataque. Logo aos três, Moisés foi ao fundo e cruzou com açúcar para Yuri Alberto, que desviou na primeira trave e, por detalhe, não inaugurou o marcador.

Combativo, o Táchira tentava apertar a saída de bola colorada. Quando bem-sucedida, porém, a troca de passes vermelha encontrava espaços nas costas da marcação rival. Mesmo assim, o escore seguiu zerado até o intervalo, também de parte do time da casa, que assustou apenas com Góndola, em oportunidade que enviou pela linha de fundo.

Colorado leva a virada

O Inter abriu o placar assim que reiniciado o confronto, quando Cuesta sofreu pênalti convertido por Thiago Galhardo. Em desvantagem, o time da casa realizou mudanças na linha de ataque, trocas recompensadas com nítida melhor dentro de campo. De tanto pressionar, a equipe chegou primeiro ao empate e, depois, nos instantes finais, a virada.

Ficha técnica:

Deportivo Táchira-VEN (2): Cristopher Varela; Pablo Camacho, Carlos Vivas, Lucas Trejo e José Granados; Francisco Flores, Maurice Cova e Michael Covea (Velasco); Freddy Góndola (Chácon), Edgar Pérez Greco (Hernández) e Lucas Gómez (Angarita). Técnico: Juan Tolisano.

Internacional (1): Marcelo Lomba; Saravia (Rodinei), Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés. Rodrigo Dourado (Rodrigo Lindoso) e Nonato (Praxedes); Marcos Guilherme (Mauricio), Taison (Edenilson) e Yuri Alberto; Thiago Galhardo. Técnico: Miguel Ángel Ramírez.

Gols: Thiago Galhardo, aos 6’/2ºT (I). Hernández, aos 31’/2ºT, e Cova, aos 40’/2ºT (D).

Cartões amarelos: Granados, Vivas, Lucas Gómez, Michael Covea e Pablo Camacho (D). Rodrigo Dourado, Thiago Galhardo e Renzo Saravia (I).

Arbitragem: Wilmar Roldán, auxiliado por Miguel Roldán e Richard Ortiz. Quarto árbitro: Carlos Ortega.

Estádio: Beira-Rio.

Imagens

Fotos: Ricardo Duarte

Fonte: https://internacional.com.br/

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies