Carro não liga? Veja possíveis causas e como resolver

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Falha na inicialização do veículo pode estar ligada a problemas na chave, falta de combustível e bateria descarregada

Uma preocupação comum para muitos motoristas é quando seu veículo não dá partida. Esse é um problema que pode atingir donos de carros Toyota, Ford, Fiat, Volkswagen ou qualquer outra marca, já que todo automóvel pode passar por essa situação incômoda.

Os motivos para isso acontecer são diversos e incluem diferentes causas. No texto abaixo, conheça algumas das possibilidades e o que pode ser feito para resolver cada tipo de problema.

Falta de combustível ou problema na bomba de combustível

Uma das situações que muitos motoristas enfrentam com seus carros é relacionada ao combustível. A falta dele – seja gasolina, diesel ou etanol – pode causar consequências ao funcionamento do veículo, o que torna obrigatório sempre ficar de olho nos indicadores do tanque.

Também é válido verificar se há alguma falha na bomba ou filtro de combustível. Ela é composta por três segmentos: a parte elétrica, o filtro e a transmissão. Cada um deles deve ser analisado caso seu carro não esteja ligando.

A checagem da parte elétrica é feita verificando se os cabos estão bem conectados. Na transmissão, é necessário checar se há pressão para enviar o combustível até as válvulas. O filtro também precisa ser analisado para ver se é necessária a troca.

Para evitar esse tipo de problema, o ideal é nunca deixar para abastecer no último instante, tendo sempre combustível no tanque. Se perceber que ele está acabando rápido demais, procure o seu mecânico para ver se há algum vazamento no veículo.

A recomendação é que o filtro de combustível seja trocado a cada 10 a 20 mil km rodados. Em caso de suspeita de problemas, chame um mecânico para que ele faça a avaliação correta da situação.

Problema na chave do veículo

Outro motivo bem comum para o automóvel não ligar é alguma adversidade envolvendo sua chave. Caso você não consiga girá-la totalmente, pode ser um sinal de problema na leitura, indicando uma complicação na própria chave ou no leitor de ignição.

Para resolver essa situação, o primeiro passo é pegar a chave reserva. Caso o carro ligue com ela, é um indicativo de que há falhas na chave principal ou no leitor, sendo necessário consultar um especialista para confirmar a situação.

Outra forma de solucionar o problema é verificar a programação da chave. Para isso, consulte as informações do manual do veículo ou contate a assistência ao cliente da montadora.

Bateria descarregada

Se seu carro não ligar e nem demonstrar que tem qualquer eletricidade disponível, mantendo o painel apagado, saiba que o problema pode ser a bateria do veículo. O próprio componente sinaliza que está na hora de trocá-la, com oscilação da intensidade da iluminação. Outro indício de problemas com a bateria é a dificuldade para dar partida.

A solução mais comum é realizar a chamada “chupeta”, que é quando você liga os cabos na bateria de outro carro e dá a partida, conseguindo energia até ir para a oficina. Se isso não for possível, você precisará chamar um guincho para se locomover até lá.

Problema no sistema de ignição

Alguns sinais indicam que há algo de errado com o sistema de ignição do seu carro: falhas ao acelerar o veículo, perda constante de potência, problemas ao dar partida no carro e consumo elevado de combustível são alguns deles.

O problema pode estar na própria vela, que pode ter passado por desgaste em excesso. O uso de combustível de baixa qualidade é outro fator, pois causa corrosão dos eletrodos. O superaquecimento das velas também é um motivo possível, com o derretimento do eletrodo que causa defeitos nas próprias válvulas.

Assim, se notar os sinais citados, procure o quanto antes um mecânico de confiança para ele avaliar se a peça necessita ser trocada.

Fonte: Redação

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies