Grande refúgio de morcegos hematófagos é localizado em Restinga Seca

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A equipe de combate à raiva da Supervisão Regional de Santa Maria da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) localizou um grande refúgio de morcegos hematófagos no último sábado (8), na localidade de Rincão das Palmas, em Restinga Seca.

De acordo com o veterinário e fiscal estadual agropecuário, Filippo Cogo Mendes, a região enfrentava ataques de morcegos há muitos anos e nunca tinha sido possível localizar o refúgio. Os morcegos hematófagos são responsáveis por significativas perdas na produção animal, pois se alimentam de sangue e são transmissores do vírus da raiva, doença que não tem cura. O veterinário e o auxiliar rural Santo Adelmo Toaldo só conseguiram chegar aos animais com a ajuda do produtor Jair Ademar Fehn, que localizou a furna em um oco de árvore em sua propriedade, ao lado do rio Jacuí.

Um total de 86 morcegos foram capturados e soltos após a aplicação de uma pasta vampiricida utilizada no controle da população desses animais. “É importante reforçar o papel que os produtores têm para nos ajudar na localização desses refúgios, sendo essencial comunicar à Inspetoria sempre que encontrarem locais suspeitos”, salienta Mendes.

A SEAPDR é a responsável pelo controle destes animais no estado, e a orientação é que a população não tente capturá-los por conta própria. A Secretaria solicita que a população informe a localização de abrigos de morcegos vampiros à Inspetoria de Defesa Agropecuária da sua região, como casas abandonadas, poços, debaixo de pontes, furnas e cavernas.

Texto: Ana Lúcia Miranda
Foto: Filippo Cogo Mendes e Santo Adelmo Toaldo

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies