Grêmio goleia o Santa Cruz e é bicampeão da Recopa Gaúcha

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Grêmio entrou em campo na manhã deste domingo, 6 de junho, para enfrentar o Santa Cruz, em partida válida pelo título da Recopa Gaúcha. Com time alternativo e comandado pelo assistente Pedro Sotero, visto os resultados positivos para a Covid-19 de alguns jogadores e do técnico Tiago Nunes, o Tricolor foi a campo com Adriel, Victor Ferraz, Paulo Miranda, Emanuel, Guilherme Guedes, Fernando Henrique, Victor Bobsin, Éverton, Guilherme Azevedo, Léo Pereira e Diego Churín. Fez bonito e venceu os visitantes pelo placar de 3 a 0, com gols assinalados por Guilherme Azevedo, Léo Pereira e Jhonata Robert. Com a vitória, o Grêmio conquista o seu segundo título da temporada. 

A partida iniciou com muita disputa no meio-campo, mas os gremistas foram superiores. Com três minutos de bola rolando, o Grêmio chegou pela primeira vez ao ataque, pela esquerda, com Léo Pereira. O atacante ganhou da marcação e cruzou na área, mas a bola passou por todos e caiu para Victor Ferraz, que conseguiu escanteio. Após a cobrança, o goleiro Luiz Carlos fez a defesa na marca penal. 

Aos 11 minutos de jogo, o Tricolor teve uma chance em cobrança de falta, em que Fernando Henrique foi acionado mais atrás e cruzou na segunda trave. Léo Pereira colocou para o meio da área de cabeça, mas a defesa do Santa Cruz cortou. 

Já a primeira oportunidade adversária veio com Fogaça, aos 14’, quando invadiu a área, foi a linha de fundo e cruzou, mas a zaga gremista tirou de cabeça. Dois minutos depois, Chiquinho levantou na área buscando Luiz Henrique, mas a bola foi muito forte e saiu pela lateral. 

Em resposta, o Grêmio fez uma boa tabela com Fernando Henrique e Guilherme Azevedo, que deixou o atacante de cara para o gol, mas ele foi flagrado em posição de impedimento, com 18’ jogados.  

A primeira finalização do Santa Cruz veio após uma cobrança de falta, com Otávio, que pegou a sobra do cruzamento, mas chutou mal, mandando longe da meta gremista. 

Já o Grêmio chegou com muito perigo aos 21’, quando Gui Azevedo fez uma boa jogada individual, foi a linha de fundo pela direita e chutou. Luiz Carlos defendeu. Em seguida, a bola chegou a Diego Churín, que arrematou a gol, para outra defesa do goleiro do time do interior. 

Outra chance gremista desta vez saiu dos pés de Léo Pereira, após uma boa jogada coletiva. O atacante recebeu na esquerda e chutou, mas a bola bateu na rede, pelo lado de fora, com 25 minutos. 

Do outro lado, aos 29’, David arriscou de fora da área, mandando no centro do gol, a meia altura. Adriel fez a defesa com segurança. 

Passados 39 minutos, a melhor chance gremista: Victor Ferraz cruzou na área, na marca penal e Diego Churín dominou, mas dividiu com Luiz Henrique; mesmo assim, finalizou, mas a bola passou com muito perigo por sobre a meta. 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação. 

Já nos primeiros instantes, o Tricolor chegou bem, com um lance pela esquerda, em que Guilherme Guedes fez um cruzamento na medida para Diego Churín, que finalizou, mas não bateu bem, perdendo a chance de marcar. Já com 5’, foi a vez de Léo Pereira finalizar da direita, mandando por sobre a meta. 

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA 

Fonte: https://gremio.net/

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies