Mais de 716 reses são apreendidas em operação contra maior golpe do agronegócio no RS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

POR CARLOS VOGT

Mais de 716 reses oriundas de negociações fraudulentas foram apreendidas durante a Operação Reculuta, deflagrada nesta sexta-feira (09) pela Polícia Civil em sete cidades do estado. Outros animais bovinos, também envolvidos no crime de estelionato, foram bloqueados.

Já em Formigueiro e Santa Maria foram presos, preventivamente, dois homens – de 41 e 27 anos, respectivamente -, investigados por participação nas fraudes. A dupla já tem antecedentes por estelionato. Segundo investigações, cerca de 100 vítimas foram lesionadas em mais de R$ 30 milhões – esse já é considerado o maior golpe do agronegócio no estado e um dos maiores do país.

A ação teve o apoio da 3ª Delegacia de Polícia Regional do Interior (DPRI) de Santa Maria e Delegacias de Polícia de Caçapava do Sul, Santana da Boa Vista, São Sepé, Júlio de Castilhos, Entre Ijuís, Tupanciretã, São Francisco de Assis e Manoel Viana. Também prestaram apoio os fiscais agropecuários do Departamento de Defesa Agropecuária da Secretaria da Agricultura.

Mais informações com o delegado Antônio Firmino de Freitas Neto, titular da Delegacia de Polícia de Formigueiro, e responsável pela Operação Reculuta. Aliás, o termo “reculuta” significa buscar, recuperar um animal que se perdeu da tropa.

Fonte: https://www.pc.rs.gov.br/

Foto: Divulgação/PCRS

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies