Medicamentos especiais são essenciais para o tratamento de doenças complexas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Os medicamentos são itens essenciais ao dia a dia de qualquer pessoa, sobretudo ao dos brasileiros. Segundo dados apresentados no Abradimex Conecta 2020-2021, o Brasil está entre os países que mais consomem medicamentos no mundo, com o volume de vendas de US$ 20,1 bilhões, ocupando a décima posição no ranking internacional. 

O mercado de medicamentos é bastante amplo e dividido em várias categorias. Desenvolvidos e fabricados com alta tecnologia, os medicamentos especiais se diferem dos chamados excepcionais, de uso contínuo, que podem ser encontrados facilmente em farmácias e em postos de saúde.

O que são medicamentos especiais

Os medicamentos especiais, também chamados de medicamentos de alto custo, são itens normalmente indicados para tratamentos de maior complexidade. Por serem fabricados com tecnologia de ponta, esses remédios chegam ao mercado com um valor muito elevado, quando comparado aos convencionais.

Grande parte desses medicamentos possuem uma estrutura química delicada e, por esse motivo, necessitam de uma infraestrutura diferenciada em termos de armazenamento, transporte e métodos de conservação específicos. Esses fatores deram aos fármacos o adjetivo ‘especial’ em seu nome.

A conservação dos medicamentos especiais é, inclusive, fator determinante para a sua eficácia. As temperaturas de armazenamento desses medicamentos devem estar entre 15° C e 30° C ou entre 2° C e 8° C. Nesses casos, é importante que o produto permaneça com a temperatura controlada no transporte e durante o consumo, caso contrário, o medicamento deverá ser descartado.

Devido à alta complexidade para produção e conservação, a comercialização desses medicamentos é feita por meio de processos licitatórios para a venda ao governo e cotações em portais para hospitais privados e clínicas.  De modo geral, os pacientes não têm acesso direto a esses tipo de remédio.

A busca pelos fármacos especiais não é tão fácil, afinal, eles não são encontrados em drogarias convencionais. Visando ampliar acesso a estes produtos, sites oferecem serviço de consulta de medicamentos para cotação, indicando o valor e fabricante, por exemplo.

A importância dos medicamentos especiais

Os medicamentos especiais, indicados para combater doenças complexas, congênitas e raras, possuem extrema importância para a cura e manutenção da vida e saúde. De acordo com dados da Pfizer Brasil, cerca de 13 milhões de brasileiros podem ser acometidos por alguma delas.

De acordo com a Abradimex, as principais doenças que podem prever o uso desses medicamentos são: insuficiência renal crônica, hemofilia, anemia falciforme, câncer psoríase, artrite reumatoide, doença de Parkinson, endometriose, epilepsia, hepatite autoimune, hepatite viral crônica B, hepatite C, hipotireoidismo congênito, osteoporose, diabetes insípido, esclerose múltipla, esquizofrenia refratária, puberdade precoce e hipertensão arterial pulmonar, além de ser usado em pacientes transplantados.

O Sistema Único de Saúde (SUS) atualmente conta com 36 Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDTs) para tratar doenças raras, mas, de acordo com o levantamento da Pfizer, um a cada cinco pessoas desconhecem o tratamento gratuito.

Segundo a Abradimex, para que esses medicamentos possam ser distribuídos pelo Ministério da Saúde, o paciente deve ter em mãos, além do um laudo para a solicitação de dispensa excepcional preenchido pelo médico, um termo de consentimento, exames médicos e o Cartão Nacional de Saúde.

Imagem: Polina Tankilevitch/Pexels

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies