Polícia Federal deflagra operação contra a evasão de divisas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 06, a Operação Iratim, que tem como foco combater a evasão de divisas na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai.
Desde as primeiras horas da manhã, policiais federais cumpriram um mandado de prisão e um mandado de busca e apreensão, além do bloqueio de contas bancárias, da indisponibilização de bens imóveis e do sequestro e arresto de veículos.
A investigação apura o envolvimento de um empresário do setor de apicultura da região de Pelotas (RS), suspeito de utilizar contas bancárias de sua empresa para remeter valores a operadores de evasão de divisas, identificados na Operação Cisplatina, deflagrada pela Polícia Federal em setembro de 2020. As análises bancárias demonstraram que, ao menos, 7,2 milhões de reais desse empresário foram remetidos ao exterior ilegalmente.
Indícios apontam que a remessa dos valores ao exterior teria como principal objetivo alimentar o mercado de contrabando de mel (geleia real, pólen e subprodutos apícolas) por intermédio da fronteira entre Santana do Livramento e Rivera. O produto tem origem na China e ingressa no Brasil através do Uruguai.
O termo “iratim” faz referência a uma espécie de abelha conhecida por se apropriar do ninho e do mel de outras abelhas.

Fonte: Redação

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies