Benefícios do ácido hialurônico para os cabelos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Substância é queridinha no mundo da beleza por seu forte poder de hidratação.

Uma das substâncias que mais tem ganhado destaque no universo da beleza é o ácido hialurônico. Apesar de também estar presente no nosso organismo, a aplicação desse ácido é muito utilizada em produtos e tratamentos dermatológicos.

Como um nutricosmético, o ácido hialurônico não se restringe aos cremes e séruns para a pele. Agora já existem produtos capilares que trazem consigo a presença dessa substância super potente e com imensos benefícios para os fios.

A ação hidratante é a principal característica que faz com que essa substância seja essencial no cuidado diário, seja com a pele ou com os cabelos, como você verá a seguir.

O que é o ácido hialurônico?

Para entender o porquê do boom do ácido hialurônico, é preciso saber quais são suas funções de fato. Este biopolímero, formado por ácido glucurônico e  N-acetilglicosamina, está presente no organismo humano — na pele, músculos e ossos — e serve como uma espécie de amortecedor e regenerador de tecidos.

Tais funções chamaram atenção da indústria de dermocosméticos, que adaptou o ácido hialurônico para ser usado como princípio ativo capaz de oferecer uma potente hidratação, bem como reter a umidade.

Além disso, ele ainda estimula a formação de elastina e fibras de colágeno, algo que ajuda na manutenção da pele e reduz consideravelmente os efeitos naturais do tempo, como o aparecimento de rugas e o envelhecimento geral da pele.

Ácido hialurônico nos cabelos

De forma geral, os cabelos sofrem com três tipos principais de agressões: químicas, mecânicas e externas. As químicas são aquelas relativas a processos que alteram a estrutura ou coloração, como tintura, alisamento, relaxamento e descoloração.

As mecânicas se referem ao uso do secador, chapinha e até mesmo lavagem com água quente. Já as externas englobam fatores como umidade, sol e contato com água do mar ou piscina. Todos esses danos acumulados ao longo do tempo acabam permitindo que os fios fiquem ressecados e quebradiços.

É nesse sentido que o ácido hialurônico surge como uma excelente opção para o tratamento das madeixas, pois seu principal benefício é justamente a forte hidratação dos fios. Isso acontece porque o ácido consegue entrar dentro da fibra capilar, de forma a reparar e reconstruir toda sua estrutura de dentro para fora.

Consequentemente, o efeito é extraordinário: os fios ganham um aspecto mais saudável e visivelmente hidratado. Problemas como ressecamento, quebra e pontas duplas acabam sendo facilmente resolvidos com o uso de produtos capilares que tenham ácido hialurônico em sua composição.

Se você deseja potencializar o efeito do ácido hialurônico, a sugestão é complementar seu uso com produtos à base de vitamina B5 e queratina, ativos reparadores e hidratantes que combinam muito bem com esse tipo de ácido.

Como usar

Agora que você já conhece os benefícios do ácido hialurônico para os fios, o próximo passo é saber como usar cada produto nos seus cabelos. Vale lembrar que o uso de uma linha completa — com shampoo, condicionador, máscara e leave-in — fornecerá melhores resultados do que se os produtos forem usados separadamente.

O shampoo é responsável pela limpeza dos fios e deve ser aplicado na raiz do cabelo com uma massagem leve, feita com as pontas dos dedos. Não é preciso esfregar as pontas, já que na hora do enxágue a espuma se encarregará de limpar suavemente o comprimento dos fios.

Já o condicionador deve vir em seguida, sendo aplicado em todo o comprimento do cabelo, mas evitando o contato com a raiz para não gerar acúmulo de produto e, consequentemente, propiciar o aparecimento de caspa.

A máscara capilar, por sua vez, deve ser aplicada antes do condicionador, mas com uma frequência um pouco menor, a depender da necessidade de hidratação e do tipo de cabelo. O processo é o mesmo e a recomendação é deixar o produto agindo nos fios por um tempo, de acordo com as recomendações do fabricante, e depois enxaguar.

Por fim, mas não menos importante, o leave-in ou creme de pentear deve ser usado para finalizar o processo e deixar os seus fios completamente hidratados, sem a necessidade de enxágue.  

Fonte: Redação

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies