Conheça algumas dicas para manutenção preventiva da sua moto

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Manter a segurança da moto é extremamente importante, por isso listamos alguns procedimentos para manter a sua moto em dia

Para um grande número de pessoas, ter uma moto é muito mais que apenas um meio de transporte: eles consideram como um estilo de vida. Assim como os carros, as motocicletas são consideradas parte fundamental do cotidiano, portanto os cuidados com a manutenção devem ser realizados com frequência, para garantir que ela esteja sempre funcionando.

Nas grandes capitais brasileiras, milhares de motocicletas circulam todos os dias, o que se deve ao desenvolvimento financeiro e às facilidades de financiamento encontradas nos últimos anos. Além disso, muitos serviços que necessitam de motoboys aumentaram, principalmente os aplicativos de delivery, que viraram fonte de renda para muitos motociclistas.

Por conta desse novo cenário, realizar a manutenção preventiva da moto se tornou uma necessidade. A procura por loja de peças para motos, mecânicos, entre outros, tem crescido nos últimos tempos, pois os condutores devem ficar atentos a alguns cuidados corriqueiros que ela pode apresentar.

A manutenção preventiva, como o próprio nome já diz, deve ser feita para preservar e evitar problemas futuros que sua moto pode ter. Em geral, não é necessário ter muito conhecimento mecânico para fazer a manutenção preventiva, porém é importante conhecer o mínimo de peças que se encaixam na engenharia do seu veículo.

No cotidiano dos motociclistas e de quem está no trânsito em geral, é comum ver motos no acostamento por algum problema existente, seja por falha na frenagem, roda travada decorrente de uma corrente frouxa, entre outros problemas. Listamos aqui algumas dicas que podem ajudar na sua manutenção preventiva.

 

Mantenha a corrente lubrificada

Essa manutenção é muito fácil de fazer e você pode executá-la sem sair de casa. Basta utilizar graxa branca ou lubrificante específico para corrente. O correto é ter cerca de 2 centímetros de elasticidade, tanto para cima quanto para baixo. Muitos fabricantes indicam essa lubrificação a cada 500 quilômetros rodados, pois esse procedimento evita o desgaste prematuro e acúmulo da sujeira.

Conserve os pneus calibrados

Manter a calibragem dos pneus em dia é muito importante para evitar problemas enquanto estiver na estrada. O ideal é fazer em um local especializado, geralmente pela manhã quando eles estiverem mais frios. Pneus que não são bem calibrados podem apresentar problemas de rolamento, levando a acidentes em uma pista molhada, por exemplo.

Trocar o óleo lubrificante nos prazos corretos

Talvez uma das principais formas de manutenção com que os motociclistas devem se preocupar é a troca do óleo de sua moto. Isso porque o processo, além de fazer parte da manutenção preventiva, evita o desgaste do motor, remove as impurezas e limpa as partes internas da moto. A necessidade é bem simples de identificar: basta consultar os prazos e a recomendação da fabricante que consta no manual da moto.

Verificar os parafusos

Por conta de uma alta vibração provocada pelo motor, ou por andar em muitas vias esburacadas, os parafusos em alguns casos podem ceder ou cair sem que o condutor perceba. Por isso, é fundamental que ele realize a verificação regular desses parafusos. Esse processo pode ser feito de maneira simples, basta ter ferramentas comuns na sua residência, como chaves de fenda, entre outros.

Manutenção dos cabos de freios e embreagens

Na manutenção preventiva, é importante conservar essas peças de freios e embreagem para garantir o maior tempo de vida útil possível. Caso haja ressecamento ou desgastes nesses equipamentos, a troca deve ser feita imediatamente. Esses cabos necessitam de revisões frequentes, pois assim garantem um bom funcionamento do motor e evitam acidentes.

Colocar gasolina de qualidade

Sabemos que o preço da gasolina está muito alto, por isso alguns motociclistas acabam abastecendo em locais mais baratos, porém isso infelizmente pode ser maléfico para sua moto. Alguns postos possuem gasolina adulterada e, dependendo de onde você abastece, pode ser vítima dessa fraude.

O recomendado é certificar-se de que o local tem gasolina de qualidade. Uma das formas de fazer isso é procurar postos com bandeira, pois a garantia de qualidade da gasolina é maior.

Fonte: Redação

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies