História da Petz, o primeiro petshop na bolsa de valores do Brasil

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Conheça um pouco mais sobre uma das principais marcas do mercado pet do país

O mercado de produtos pets vem registrando um aumento acelerado no número de vendas, com cerca de R$ 46 bilhões em faturamento apenas no primeiro trimestre de 2021, no Brasil. E a Petz é um dos grandes nomes por trás do sucesso que envolve milhares de consumidores e os cuidados com seus animais de estimação.

A empresa, pioneira, foi a primeira do setor de petshop a entrar na bolsa de valores, abrindo espaço para que outras marcas encontrassem segurança e estabilidade para ampliar seus negócios no país.

Com uma ampla variedade de produtos, todo mundo quer aproveitar um cupom de desconto da Petz e levar para casa os melhores brinquedos, rações e medicamentos para seu animalzinho. Portanto, confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre a empresa e sua importância para o mercado pet nacional.

Como tudo começou

Inaugurada em 2002, inicialmente como Pet Center Marginal, a Petz sempre manteve seu foco empreendedor e visionário, trazendo soluções inovadoras e eficientes para o dia a dia de seus consumidores.

A empresa foi o primeiro pet shop do mundo a funcionar com atendimento 24 horas, oferecendo os recursos necessários para quem precisava lidar com imprevistos a qualquer momento do dia.

Engana-se quem pensa que o programa de assinaturas da marca é novo. Lançando tendências no mercado, a Petz trabalha com programas de fidelidade desde 2008, ainda sob seu antigo nome.

Inclusive, durante o mesmo ano, a marca lançou seu portal de vendas online, ampliando seu alcance de vendas e proporcionando ainda mais conforto e comodidade para seus clientes.

Em 2013, a Petz recebeu um investimento essencial para sua expansão, contribuindo para que a marca apostasse em novas tecnologias, além de produtos de primeira qualidade e serviços especiais.

Dois anos depois, a empresa muda completamente seu visual, trazendo um novo nome, com layout moderno e criativo.

Seguindo seu estilo visionário, a marca decide então incluir outros segmentos em suas lojas, como o setor de jardinagem. Com produtos para casa e jardim, a empresa cobre outra necessidade dos consumidores, incentivando os cuidados com as plantas cultivadas em casa.

Com o aumento considerável nas vendas, a Petz se torna um dos primeiros varejistas do Brasil a integrar completamente o estoque físico e virtual, marcando outro ponto na inovação do mercado pet.

Em 2017, a empresa, sempre antenada nas principais tendências, traz outras soluções eficientes para seus consumidores, como a pickup store, onde o cliente apenas retira os produtos na loja, efetuando a compra e o pagamento online.

Outro marco importante para a história da empresa é a parceria firmada com a Editora MOL, pela qual os lucros dos materiais são 100% revertidos em doações para ONGs do Programa Adote Petz.

Apenas um ano depois, a marca inaugura seu centro veterinário Seres, com equipamentos de ponta e os mais modernos recursos para garantir os cuidados com o seu pet. Chega também ao mundo virtual, com o aplicativo da Petz, oferecendo ainda mais praticidade e comodidade para seus clientes.

Em 2019, a marca fatura importantes prêmios, como o Effie Awards Brasil e o Cannes Lions pela iniciativa do Pet Commerce, uma plataforma que usa inteligência artificial para identificar o grau de interesse dos bichinhos nos produtos selecionados.

E, em 2020, mais uma marca histórica, a Petz chega ao mercado de ações, com sua estreia na B3 e índices positivos de vendas, sendo o primeiro pet shop brasileiro a entrar na bolsa de valores.

Próximos passos

Atualmente a Petz está presente em mais de 15 estados brasileiros e o objetivo da empresa é expandir ainda mais sua atuação, incluindo novidades em seus catálogos e serviços. Uma das metas para os próximos anos é seguir com a abertura de 30 a 40 lojas por ano, ampliando seu alcance em todas as regiões do país.

Mercado pet no Brasil

O Brasil é o segundo maior mercado pet do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos, que detém 50% do segmento total. Entre as principais empresas brasileiras do setor, a Petz conta com 6% de participação de market share.

Com as inovações e investimentos da marca, a tendência é que esse número aumente significativamente, oferecendo cada vez mais produtos e serviços para seus consumidores. Com atendimento especializado e soluções que cobrem todas as necessidades dos bichinhos e proprietários, a Petz tem cada vez mais chances de se tornar o pet shop de estimação dos brasileiros.

Fonte: Redação

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies