Como começar a praticar exercícios?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Praticar exercícios físicos é muito importante para a manutenção de uma rotina saudável. Mas não sabe por onde começar? Leia e confira dicas imperdíveis

Você deve estar cansado de saber que os exercícios fazem bem, tanto para a saúde física quanto mental. Mesmo assim, muitas pessoas não sabem por onde começar e acham que precisam ter muito dinheiro e muito tempo para colocar os exercícios na rotina.

A roupa para o treino você provavelmente já tem em sua casa. Uma calça que permita a movimentação das pernas, uma camiseta que não esteja apertada e sapatos confortáveis.

As práticas de exercícios iniciais devem ser mais fáceis e com baixa intensidade; assim, o risco de lesões é minimizado. Quer começar a praticar exercícios, mas não sabe por onde? Continue lendo e confira algumas dicas.

Não comece sozinho

O ideal é que você conte com a ajuda de um médico e um professor para começar sua prática de exercícios físicos. O médico irá pedir alguns exames e realizará uma avaliação para definir se você pode ou não fazer determinados exercícios físicos.

Isso é necessário, pois pessoas com problemas nos joelhos e na coluna devem optar por exercícios de baixo impacto, enquanto pessoas com problemas respiratórios ou no coração devem evitar aeróbicos em excesso. Portanto, é um cuidado importante para garantir que os exercícios sejam efetivamente bons para a sua saúde.

A ajuda de um professor também é essencial no começo para garantir que você faça todos os movimentos de forma correta e evite lesões e machucados.

Coloque os exercícios na sua rotina

Sabemos que, em um primeiro momento, isso parece impossível, pois você tem uma rotina muito atarefada e não tem tempo. Todas as pessoas usam a falta de tempo como desculpa para não começar a praticar exercícios, mas, veja, não é impossível.

Você deve ir fazendo aos poucos, colocando pequenas metas, assim seu corpo começará a sentir falta da atividade e você poderá ir aumentando levemente o ritmo. Não se esqueça de que as metas iniciais devem ser realistas. Objetivos muito grandes podem parecer inalcançáveis e desestimular ao invés de estimular.

Além disso, em alguns exercícios, como a musculação, quando você coloca muito peso inicialmente, aumentam as chances de você se machucar ou ter uma lesão. Respeite sempre os limites do seu corpo.

A Organização Mundial da Saúde recomenda a prática por 30 minutos diários para que você tenha uma rotina longe do sedentarismo.

Chame um amigo

Ter alguém para praticar exercícios junto com você pode ser uma ótima solução para te incentivar. Juntos, o treino pode ser mais divertido e essa pessoa pode oferecer motivação nos dias que você estiver pensando em desistir ou faltar.

Você não precisa de academia

Quer começar a praticar exercícios, mas não tem vontade e nem tempo para entrar na academia? Não tem problema, você pode começar a movimentar seu corpo em sua própria casa.

Essas opções foram muito buscadas durante a pandemia de Covid-19 e, após o processo de reabertura, continuam em alta. Uma modalidade muito procurada foi a yoga, que faz muito bem tanto para a saúde física quanto mental.

Alguns exercícios como pontes, flexões e abdominais também são ótimos para o início do treino sozinho em casa, pois fortalecem os músculos e não precisam de nenhum equipamento sofisticado.

Não se planeje muito

Como falamos acima, provavelmente você já tem a roupa ideal para treinar na sua casa. Não há por que esperar ter uma roupa específica, comprar diversos aparelhos diferentes para treinar em casa ou até mesmo ficar aguardando chegar aquela tão sonhada motivação.

Sentiu vontade? Inicie, seja com caminhadas na rua, pular corda, fazer flexões: qualquer coisa já é melhor do que nada. Quanto mais cedo você achar algo que goste e consiga encaixar na sua rotina, melhor vai ser para a sua saúde.

Fonte: Redação

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies