Estresse no trânsito é cada vez mais comum; saiba evitar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A adoção de certos hábitos pode ser fundamental para que o trânsito deixe de ser um fator de estresse.

Muitos consideram dirigir um ato prazeroso, em que o motorista pode aproveitar a sua música favorita e deixar de lado os problemas do dia a dia. Entretanto, para milhares de outros condutores, dirigir é mais um motivo de estresse, graças ao fluxo intenso de carros, ao atraso causado pelos engarrafamentos e à dificuldade para estacionar.

Esse é o cenário perfeito para deixar qualquer motorista estressado. A fim de que a mente possa descansar, é preciso pensar em atitudes e em alternativas que possam tornar esse momento do dia menos estressante. Por exemplo, um dos benefícios da bicicleta é evitar o trânsito parado e chegar aonde precisa no horário. Usar roupas confortáveis e ter a postura correta também são aspectos importantes para ficar mais tranquilo.

Conheça outras dicas do que pode ser feito para diminuir o estresse no trânsito.

Tenha atenção ao horário

O trânsito se torna ainda mais estressante se o motorista estiver atrasado. Isso fará com que ele tenha menos paciência e com que dirija de forma mais impulsiva, algo que pode levar a acidentes motivados pela pressa. Dessa forma, é recomendável que o motorista fique de olho no relógio e saia para os seus compromissos com uma boa antecedência, prevendo imprevistos com o intuito de poder fazer seus trajetos com mais tranquilidade.

Utilize caminhos alternativos

Um dos principais fatores que causam estresse no trânsito é o fluxo intenso de carros. O motorista fica impaciente de ficar no mesmo lugar por vários minutos em um engarrafamento e se sente pressionado em não bater ao mudar de faixa, tendo que ter atenção especial às motocicletas.

Por isso, com o objetivo de evitar esse estresse, é importante utilizar caminhos alternativos e outros modais que não sejam carro no seu dia a dia. Eles podem ter um fluxo menor de carros e, assim, gasta-se menos tempo para chegar ao destino desejado. O condutor pode utilizar aplicativos no celular que atualizam a situação do trânsito em tempo real, além de indicar diferentes rotas que podem ser utilizadas.

Vá de bicicleta

Se você perguntar para o motorista o que o estressa no trânsito, ele, certamente, irá citar o engarrafamento, o tempo perdido e a dificuldade em estacionar. Mas você sabia que há uma forma de evitar todos esses problemas? Troque o meio de transporte e passe a pedalar no dia a dia!

Com a bicicleta, a pessoa não precisa se preocupar mais com essas questões. Ela tem liberdade para transitar com mais liberdade, economizando um precioso tempo, inclusive na hora de estacionar. Isso sem contar que esse é um hábito que faz bem para a saúde do corpo e da mente, colaborando para deixar a cabeça mais leve e para ficar mais saudável.

Seja cordial

Gentileza e cordialidade são sempre bem-vindas no trânsito e ajudam a evitar problemas maiores. É importante lembrar que não dá para saber como foi o dia do outro, que pode estar sofrendo com outros problemas além do estresse causado pelo trânsito.

Logo, caso você cometa algum erro, e outro motorista buzine, peça desculpas. Sempre que possível, dê preferência ao outro e evite competir por espaço, atitude que também evita acidentes.

Mantenha a postura e use roupas confortáveis

O cansaço deixará o momento de dirigir mais estressante para qualquer motorista, e ter uma postura incorreta ao dirigir colabora para que o corpo e a mente fiquem ainda mais cansados e estressados.

Portanto, o motorista deve se policiar para sempre adotar uma postura correta e ergonômica ao dirigir. Usar roupas confortáveis, que não deixem nenhuma parte do corpo apertada, também é importante a fim de fazer com que esse período seja mais agradável e menos estressante.

Fonte: Redação

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies