Como a tecnologia está modificando o mercado da moda

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Separamos tudo que você precisa saber sobre os novos avanços e como a revolução vem impactando – e se firmando – para além das passarelas

Em constante transformação, a indústria da moda impacta as escolhas culturais, sociais, estéticas, financeiras e agora também o espaço tecnológico.

Os novos métodos de criação não são aplicados apenas para otimizar a produção das peças, eles também servem para criar outras possibilidades de vestimenta, criando roupas muito diferentes das que temos nos dias de hoje e diferentes utilidades para tecidos.

Desfiles virtuais

As formas de apresentar e de pensar as coleções também estão passando por uma constante mudança. Em tempos de metaverso (mundo virtual que replica a realidade por meio de dispositivos virtuais), estilistas também estão criando desfiles com bonecos e roupas digitais!

Alguns criadores também estão disponibilizando seus desfiles em plataformas de realidade virtual, e aí basta a pessoa convidada para o evento usar um óculos adaptado para assistir à apresentação de qualquer lugar do mundo, desde que tenha uma boa conexão com a internet.

Impressão 3D

Esta criação conquistou várias marcas, devido a sua funcionalidade e versatilidade, simplificando processos e dando resultados bem satisfatórios.

O grande destaque fica por conta da capacidade de personalização das peças. A facilidade em “imprimir” uma peça vai fazer com que surjam diversos modelos, cores, estampas e texturas diferentes. No momento, a ferramenta passa por aperfeiçoamentos para reduzir os gastos de impressão.

Tecidos com barreiras para líquidos e com autorreparação

Pesquisadores têm trabalhado na criação de tecidos que podem se regenerar. O material é formado por uma tela com revestimento que se funde quando exposto a uma temperatura muito baixa, facilitando que um rasgo ou uma descostura se feche de novo após algum uso, por exemplo, quando você faz exercícios como remada alta na academia.

O mesmo material apresentará nanopolímeros em sua composição, um repelente para líquidos que também evita manchas. Já é possível encontrar peças impermeáveis, mas uma que se repara definitivamente será uma grande novidade no mercado.

Proteção ultravioleta

Você provavelmente já viu algumas peças com indicativo de proteção UVA, e a tendência é que elas continuem aumentando seu espaço no mercado. Com a diminuição da camada de ozônio, estes tecidos são muito úteis e importantes.

A tecnologia também pode ter outras utilidades além da proteção contra a radiação, como conservar a temperatura corporal agradável e diminuir a produção de suor.

Tecidos que mudam de cor

Se você é uma das pessoas que se preocupa com as cores da estação, fique tranquila. A indústria já está preparando um tecido que irá mudar de cor em contato com tecnologia fotocromática.

Camisetas sensíveis ao calor foram moda na década de 90, mas a tecnologia só se aprimora, fazendo com que o tecido mude de cor, de acordo com as condições do clima em que a peça se encontra, podendo ser influenciada por ondas sonoras, luzes e correntes elétricas.

Todas essas inovações mostram quanto a área é capaz de se reinventar, projetar e inventar novas formas de se expressar.

Fonte: Redação

Créditos:IStock

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies