Como funciona uma escala de intermitente em supermercados?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Sabemos que atualmente, estamos vivendo em um país em crise, e que essa crise acaba afetando as nossas vidas das maneiras mais variadas possíveis.

Nosso poder de compra é afetado, produtos que outrora acessíveis se tornam mais caros e claro, o desemprego acaba se tornando parte da nossa realidade também. Sabemos que até o primeiro trimestre de 2022, haviam cerca de 11,9 milhões de pessoas desempregadas no Brasil, e por conta disso muita coisa tem mudado.

Hoje em dia, os trabalhadores têm feito de tudo para poder ter onde trabalhar, e uma maneira que tem feito sucesso é trabalhar como uma espécie de trabalhador temporário, o que é chamado de trabalho intermitente

O trabalho intermitente nada mais é do que contratar um funcionário, mas que vai funcionar apenas como um trabalhador temporário. Ele vai ter todos os seus direitos garantidos por lei como se fosse um trabalhador comum registrado, mas sem a parte burocrática por parte do registro, o que acaba sendo uma vantagem para as empresas

Muitas empresas precisam de trabalhadores por temporada, ou para dias do ano que sabem que tudo vai ser muito mais corrido. Mas ao mesmo tempo, sabem que registrar um trabalhador apenas para um trabalho que vai durar semanas, às vezes até dias, pode ser caro para eles, e até atrapalhar a carteira de trabalho do trabalhador.

E assim surge a oportunidade de trabalhar de forma intermitente, que busca permitir que o trabalhador possa trabalhar por esses períodos limitados, mas com a segurança trabalhista que ele merece ter em qualquer trabalho.

E se você é um dono de supermercado, pode ter percebido que as situações que podem exigir contratar uma pessoa por tempo limitado, seja por uma super promoção que vai durar um tempo e vai ter um movimento mais forte, seja por saber que em determinado período do ano tudo é mais corrido, seja porque você precisa de mais entregadores ou repositores no seu supermercado online.

Dessa forma você pode estar se perguntando qual é a maneira que a escala intermitente pode funcionar no seu negócio especificamente. Mas pode ficar sossegado que não é nenhum bicho de 7 cabeças entender como isso vai funcionar, e dessa forma podemos explicar facilmente para você.

Existe diferença na escala de um intermitente?

É bem comum ter a dúvida se um trabalhador intermitente tem a jornada diferente de um trabalhador tradicional, afinal, ele não vai permanecer na empresa, então faz sentido imaginar que ele possa ter uma jornada diferente da tradicional

E a resposta para essa pergunta é sim, podem existir algumas regras dentro do contrato de trabalho intermitente, mas essas diferenças têm que seguir as leis trabalhistas da mesma maneira.

Isso significa, por exemplo, que existe um limite de horas que uma pessoa pode trabalhar. Não é porque o vínculo trabalhista dela vai ser menor que ela vai poder compensar trabalhando mais horas do que a lei permite.

E felizmente, descobrir qual o limite dessa lei é fácil, já que basicamente todas as regras que se aplicam a um trabalhador CLT comum se aplica a ele também, sendo assim um trabalhador intermitente pode trabalhar no máximo o mesmo número de horas que um funcionário normal

Isso não quer dizer que ele precisa ir até esse limite. Um trabalhador intermitente pode também trabalhar menos, em uma jornada menor, quanto a isso não existe nenhum problema. 

No entanto, é preciso lembrar que em casos como esse, ele vai receber o equivalente ao tempo que trabalhou. E no caso, o pagamento do funcionário vai ser baseado no salário comum. 

Isto é, vamos supor que ele esteja trabalhando em uma empresa onde o pagamento mensal seja um salário mínimo, então o trabalhador intermitente vai ganhar o valor da hora trabalhada de acordo com o salário mínimo.

As vantagens do trabalho intermitente

Dito tudo isso, fica claro que a grande vantagem envolvendo esse tipo de trabalho é poder de poder colocar trabalhadores extras sem ter que gastar mais do que o necessário, e fazer com que trabalhadores que estejam desempregados consigam levantar um dinheiro trabalhando em algo que, mesmo que não seja isso, já vai poder ajudar a trazer o sustento para casa.

Isso sem contar nos muitos casos onde uma pessoa vai e pega um trabalho intermitente, acaba chamando a atenção dos donos da empresa graças ao seu bom trabalho, e assim que uma vaga de trabalhador fixo aparece, ele é o primeiro a ser chamado.

Por conta disso aceitar trabalhos intermitentes pode ser uma boa ideia quando se está esperando por uma recolocação no mercado de trabalho, um vê que essa pode ser a chance de conseguir essa realocação.

Em resumo, ter um trabalhador de maneira intermitente permite que você mude algumas coisas na jornada de trabalho dele, mas sempre tendo que seguir a lei e garantindo todos os direitos trabalhistas que aquela pessoa tem que ter enquanto tiver um vínculo com a empresa, mesmo que seja temporário.

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies