Ação policial conjunta apreende quase 38 mil reais sem procedência em Bagé

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O taxista que estava com o dinheiro afirmou que recebeu a quantia como pagamento por uma corrida realizada de Bagé até Santana do Livramento

Na madrugada desta quinta-feira, 28, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Civil (através da Operação Controle Brasil), apreenderam quase R$38 mil em espécie sem comprovação de origem. O dinheiro era transportado no porta-malas de um táxi abordado na BR 293.

Durante fiscalização, policiais deram ordem de parada ao motorista de um táxi Virtus, com placas de Bagé. Em revista ao veículo, foi localizada no porta-malas, em uma sacola, a quantia de R$ 37.755,00 mil em espécie, em várias notas de todos os tipos.

O homem disse inicialmente que o valor foi pago por um passageiro que ele transportou de Bagé até Santana do Livramento. Falou também que recebeu a quantia mas não havia a contabilizado. Depois, mudou a versão e disse que somente iria realizar o transporte do dinheiro.

Ele foi conduzido para a Delegacia de Pronto Atendimento em Bagé e o dinheiro apreendido para comprovação de origem e investigação de possíveis crimes envolvidos.

Fonte: PRF

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies