Saiba a importância de caminhar com seu pet

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Passar muito trancado em casa não faz bem para um ser humano e para um cachorro faz menos ainda, afinal, um pet precisa de passeios frequentes para se distrair, conhecer lugares, gastar sua energia e fazer exercícios físicos.

Todas essas atividades farão com que o pet seja muito mais feliz e saudável. Mesmo que nos primeiros passeios ele fique agitado, não é recomendado deixar de passear com ele.

É necessário ter paciência e estimulá-lo a caminhar da maneira adequada para que seja uma boa experiência tanto para o pet, quanto para o tutor.

E, para destacar como é importante caminhar com o seu pet, este artigo se aprofundará um pouco mais sobre o assunto e listará os benefícios desse tipo de atividade.

Por fim, dará algumas dicas de atividades físicas práticas e fáceis para os tutores realizarem com os seus pets até mesmo em suas varandas com vidro temperado.

Quando um pet, mais especificamente um cachorro, é adotado, uma das primeiras características que devem ser levadas em conta é o nível de energia que ele tem.

Caso ele seja muito ativo, o mais indicado é que ele tenha um espaço grande para que ele possa correr e praticar exercícios algumas vezes por dia.

No caso dos mais calmos, brincadeiras em casa junto de caminhadas curtas uma vez ao dia já podem ser o suficiente para que eles cansem a ponto de ir tirar uma soneca no piso laminado claro para quarto.

O passeio, seja para um cão muito ativo ou para um mais tranquilo, pode ajudar e prevenir o estresse e também ajuda a liberar uma série de hormônios bons no animal.

Além disso, passeios podem aproximar o pet e o tutor, estreitando ainda mais esse importante laço que as pessoas criam com seus animaizinhos.

Os passeios podem ser em praças, parques ou até mesmo em sítios com gramas mais extensas, e brincadeiras para aqueles cães animados são 100% recomendadas. 

Brincar com água, inclusive, é algo que a maioria dos cachorros adora. Por isso, pode ser necessária uma limpeza de piscina emergencial depois que o bichinho tenha dado alguns mergulhos.

Além dos motivos já citados, o passeio também pode ser uma ótima alternativa para cães que precisam perder alguns quilos, e aliar isso ao gasto de energia é uma ideia ótima.

Isso porque, além de ficar mais tranquilo por ter gastado bastante energia, o cão pode ter uma qualidade de sono melhor e permanecer muito mais alegre e disposto durante o resto do dia.

Vale ressaltar também a importância de caminhar considerando que os pets têm uma necessidade instintiva que vem da época em que não eram domesticados, que é a de conhecer novos territórios.

Antigamente, eles caminhavam por vários lugares atrás de água e comida e, mesmo com a domesticação, muitos ainda possuem essa característica.

Eles sentem a necessidade de conhecer os lugares, explorar os cheiros da portaria de prédio residencial em que eles moram e de ter contato com novos animais.

Quando eles são privados dessa ação tão importante em suas vidas, o seu desenvolvimento pode acabar sendo prejudicado e a qualidade de vida não será boa.

Benefícios de passear com o seu pet

Em seguida, serão listados alguns benefícios que reforçarão a relevância de caminhar com o pet, seja ele de uma raça mais enérgica, de uma raça mais calma, ou vira-lata. São eles:

1. Ajuda a gastar mais a energia do pet

Quem tem um cachorro agitado em casa sabe a dificuldade que é para gastar sua energia, por mais que ele brinque, sempre está lá correndo e bagunçando os móveis de vime para varanda.

Mas, para que ele gaste 100% da sua energia, ele precisa passear algumas vezes ao dia, e como ele chegará em casa cansado, não terá disposição para destruir a casa.

A quantidade de vezes que ele deve passear no dia depende muito do seu temperamento, e da disponibilidade dos seus tutores que devem ser levadas em conta.

Cães agitados precisam de ao menos três caminhadas por dia, podendo ser uma mais longa à tarde e duas um pouco mais curtas de manhã e à noite.

E os cães mais calmos, como já mencionado, podem caminhar uma vez ao dia e ter alguma atividade para distraí-lo em sua própria casa.

2. Ajuda a manter o peso do pet 

O passeio com o cachorro pode ser bom tanto para o animal quanto para o tutor perder uns quilos ou manter o seu peso atual, evitando, assim, a obesidade humana ou canina.

Cães obesos têm maiores chances de desenvolver problemas de locomoção, cardíacos e outros que baixam a imunidade do bicho e criam a necessidade de fazer acupuntura em cães com cinomose.

3. Estimula o instinto com a marcação de território

Cães adoram cheirar locais novos, saber quem passou por lá e marcar aquele território, e, para isso, ele precisa caminhar. Voltas diárias ajudam o cão a manter o olfato apurado ao descobrir o mundo fora de casa.

Além de que, mostrar aos outros que esteve na área, é um instinto importante para o pet, e ele faz isso marcando território.

4. Ajuda a controlar a ansiedade e a socializar 

Se o pet é do tipo que chora sempre que o tutor chega ou sai de casa, isso é um sinal de ansiedade de separação e passear com ele ajuda a acalmá-lo e deixá-lo mais tranquilo no tempo que precisar ficar só.

Durante o passeio, ele verá muitas pessoas e outros animais e, por isso, essa caminhada deve ser feita o mais cedo possível, assim que ele tiver tomado todas as suas vacinas.

Os passeios ajudam também a ensinar o cão a conviver em locais com mais pessoas e a socializar com outros animais, que é algo importante para eles.

5. Aproximar o pet e o tutor

Mostrar para o pet quem é o líder de casa nem sempre é uma tarefa fácil, muitos tutores acabam os minando quando filhotes e não conseguem estabelecer essa hierarquia depois.

O cão pode acabar, por exemplo, criando a mania de pular em todos que vão em sua casa, seja alguém fazendo uma entrega rápida moto ou qualquer outra pessoa.

No dia a dia, é necessário mostrar ao pet quem dá as ordens porque, quando ele é levado para passear, esse tipo de interação pode facilitar o momento.

E, além do pet e do tutor passarem mais tempo juntos, uma caminhada ajuda a estreitar a relação entre ambos, Assim como aumenta a obediência do cão, pois ele entende que quem o está guiando é quem comanda.

6. Estimula o funcionamento do intestino

A caminhada é um ótimo estimulante para os movimentos intestinais do pet, por isso, exercícios físicos podem ajudar até mesmo na saúde do intestino do bicho.

Como as chances de ele defecar durante o passeio são enormes, é sempre melhor levar saquinhos para recolher e descartar as fezes corretamente.

7. Deixa o pet muito mais feliz

Para cães filhotes os primeiros passeios podem até ser mais difíceis, pois eles podem ficar assustados com a movimentação das ruas e tentar voltar para casa a todo custo.

Mas, com carinho e paciência, é possível mostrar para ele que passear é uma coisa muito legal. Assim, além de todos os benefícios que um passeio com o pet já trás, ele terá uma qualidade de vida muito maior.

Atividades práticas para realizar com o pet

Além da caminhada com o pet, é possível gastar a energia dele com algumas atividades que ajudam a cansá-lo mais rápido durante o passeio, seja a pé ou com uma bicicleta poty. Algumas delas são:

Pegar graveto: os cães amam essa brincadeira, e o melhor é que ela nunca sai de moda. Além do graveto, é possível lançar bolinhas, pois muitos são fanáticos por elas.

Stand up paddle: traduzida como remo em pé, essa brincadeira é mais para pets que moram no litoral e é bem tranquila para aqueles que gostam de água.

Cabo de guerra: existe uma grande variedade de cordas para os cãezinhos brincarem de cabo de guerra com os seus tutores, mas sempre controlando a força para não irritar o animal.

Garrafa pet: a garrafa pet é uma ótima maneira de distrair o cão não só em passeios, mas em casa, e ajuda a desenvolver seus instintos quando se coloca comidas dentro da garrafa, como:

  • Frutas;
  • Petiscos;
  • A própria ração;
  • Biscoitos caninos.

Basta colocar alguns pedaços de qualquer alimento, que o cão possa comer, e balançar para chamar sua atenção. Com isso, ele se interessará em descobrir o que tem na garrafa e a morderá até ter acesso ao alimento.

Considerações finais

Por meio do conteúdo trazido neste artigo, é possível entender a grande importância que as caminhadas diárias têm, tanto para o psicológico, quanto para a saúde dos pets.

Além de ajudar em vários aspectos, esse tipo de rotina pode trazer uma série de benefícios como os que foram citados, melhorando a qualidade de vida não só do animal, mas também dos seus tutores.

Por isso, o indicado é conhecer o tipo de cachorro que está adotando para elaborar um bom cronograma de caminhadas para ele, com o intuito de gastar suas energias.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em. Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies